19/08/2019 às 09h54min - Atualizada em 19/08/2019 às 09h54min

Dúvida sobre o que estaria por trás do áudio sobre o Plansaúde

Alberto Rocha - Alberto Rocha


Alberto Rocha- opinião
 
Acordei com ressaca, não de cachaça, pois não bebo bebida alcóolica.  Minha ressaca se deve a um áudio vazado para as redes sociais, especialmente em grupos de whatsaps revelando  suposto esquema de corrupção e cobrança de propina envolvendo  o Plansaúde.
 
O áudio, com a suposta denúncia,  seria de Luciano de Castro Teixeira, sócio do Hospital Osvaldo Cruz.
 
A conversa do áudio, que teria sido feita com o jornalista Antonio Guimarães,  me assustou mais do que filme de terror ou faca peixeira apontada para o peito. Deu arrepio forte  no espinhaço. Fedeu pneu queimado.
 
Ouvi o áudio três vezes procurando entender o ocorrido. Estou até agora sem entender. Será verdade o que o áudio revela ou seria apenas  intriga da oposição?
 
No áudio,  o médico denuncia  suposto esquema de cobrança de propina no percentual de 23% dos prestadores de serviços do plano e cita nomes do alto escalão do Governo do Estado. Meu Deus, não acredito.
 
Como o Governo do Estado teve nomes citados no suposto esquema, agora tem o dever e a obrigação de vir a público rebater as acusações.
 
Particularmente, não creio que chegamos a esse  tipo de imoralidade  escancarada no Tocantins. Nesse caso, dou uma de Tomé, preciso de  provas para acreditar no que ouvi.
 
.Agora, se for verdade, vamos arrumar as malas e vamos embora daqui, pois não tem mais pequi, eeas mangas apodreceram.
 
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento