23/07/2019 às 09h08min - Atualizada em 23/07/2019 às 09h08min

Morto faz acordo de 4 milhões de reais




Alberto Rocha  -  Artigo de opinião


Parece absurdo,  mas é verdade. Pela primeira na vida eu vi um morto fazer acordo com a justiça. O fato aconteceu em Araguaína, Tocantins.
 
A mulher morreu em 2010, mas ressuscitou  para abrir uma empresa com lojas  nas principais cidades do Estado, em Araguaína e até em outros Estados  brasileiros.
 
A morta, cansada de viver no além, resolveu voltar a terra para tocar  negócios lucrativos, especialmente na retenção de impostos e outras coisas.
 
O morto esqueceu-se de um detalhe:  no mundo dos vivos, a Polícia está viva e operante e descobriu que o cadáver não devolvia os impostos, mais de 4 milhões de reais.
 
Convidada pela polícia, a morta resolveu parcelar a dívida com o Governo do Estado em até 60 meses, tempo suficiente para ir e vir desse mundo para o além, rever os amigos e, se quiser,  fazer novas falcatruas.
 
Um conselho para os vivos: não morra, pois você pode virar “um laranja” nas mãos de picaretas vivos.
 
 
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento