18/07/2019 às 09h55min - Atualizada em 18/07/2019 às 09h55min

Deputado do Tocantins está preocupado com a rapadura

Alberto Rocha - Alberto Rocha


Alberto Rocha- artigo de opinião
 
 
Os deputados federais do Tocantins têm muito o que fazer em Brasília, com debates e  discussões que varam a noite sobre projetos importantes  para o Tocantins e para a Nação.
 
Um projeto do deputado Carlos Henrique Gaguim chamou a atenção pela relevância do tema para a população tocantinense.
 
Para Gaguim, aquele mesmo que disse que o “povo esquece logo”,  o preço da rapadura vai baixar. É dele o projeto de lei 3171/19 que isenta a rapadura, isso mesmo, a rapadura,  do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).  
 
A rapadura, que é tão dura quanto a vida do tocantinense,  é largamente produzido no nordeste. No Tocantins, a produção ainda é artesanal, sem nenhuma expressão  na economia do Estado.
 
Mas o deputado Gaguim está preocupado com a rapadura. Para ele,  o produto, “além de repor energias e garantir maior disposição, a rapadura apresenta bons níveis de vitaminas, como A, C, D E, do complexo B e PP e de minerais, como cálcio, ferro, além de fósforo, potássio, cobre, zinco, manganês e magnésio”.
 
Rapadura, deputado? Quanta  coisa no Tocantins para ser olhada  com urgência? Tem coisa melhor que a rapadura, deputado: ficar por trás das câmeras.
 
O tocantinense sofrendo com falta de comida e de moradia, saúde pública, segurança, transporte escolar, ponte caindo, estradas sem asfalto, população vivendo com esgoto a céu aberto, luz e água caras, entre outras mazelas que afetam  o povo pobre do Tocantins, enquanto Gaguim preocupado com a rapadura
.  (fonte: soudepalmas)
 
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento