24/06/2019 às 09h27min - Atualizada em 24/06/2019 às 09h27min

Deputados federais torram dinheiro público em viagens ao exterior


divulgação
 
Ao todo, mais de 104 deputados federais viajaram em suposta missão oficial para outros países, tudo pago pelo contribuinte brasileiro. E o pior: tudo permito pela Câmara Federal, que é comandada por Rodrigo Maia.
 
Em média, viajam por mês 26 deputados federais e sempre para lugares turísticos. Na preferência dos parlamentares estão os Estados Unidos, Europa e Ásia.
 
Só de janeiro de 2018 a janeiro de 2019, a Câmara já desembolsou quase 4 milhões de reais só com passagens de deputados que viajam para lugares turísticos. Muitos deles levam a esposa junto para o passeio.
 
O objetivo das viagens é dar “acesso a  novos conceitos, políticas públicas e experiência legislativas úteis no Brasil”.
 
O deputado federal pelo Pará, Joaquim Passarinho,  foi  ao Vaticano  conhecer o papa Francisco, tudo pago. Mas ele justificou a viagem.  “Como parlamentar católico vale muito  essa viagem para conhecer como funciona o vaticano, o Papa é um chefe de Estado”.
 
Em maio, oito deputados federais  fizeram as malas e voaram para  a Portugal, Lisboa.  Na cidade, os parlamentares visitaram  os pontos turísticos, como estádio de futebol e  a  estátua de um dos maiores jogadores de futebol de Portugal, Euzébio, o Pelé da Europa.  A Câmara pagou passagens aéreas e diárias, 10 mil reais por pessoa.
(informações Folha)
 

 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento