14/06/2019 às 07h44min - Atualizada em 14/06/2019 às 07h44min

“Fui eleito pelos negros, índios, lgbt, quilombolas, assentados”, diz Célio Moura

Alberto Rocha - Alberto Rocha


Alberto Rocha
 
O advogado conceituado e militante nos movimentos sociais, Célio Moura (PT) é um exemplo de persistência. Depois de várias tentativas em  diversos cargos, finalmente ele conseguiu chegar aonde queria.
 
As chances estiveram mais fortes para conseguir um mandato quando Lula era presidente, de quem se considera amigo.  Mas isso não Célio a arrancar um mandato na vida política.
 
Mas, nas últimas eleições, a sorte sorriu para Célio Moura. Finalmente  conseguiu uma vaga de deputado federal. Foi puxado pela legenda, mas foi, e está mostrando a que veio.
 
O deputado federal pelo PT, Célio Moura é o entrevistado do portal de notícias otocantins.
 
Quase seis meses de mandato. E aí, realizando o sonho de ser deputado?
 
Célio- Todo parlamentar iniciante tem suas dificuldades. Mesmo assim, estamos trabalhando, discutindo e buscando sempre o melhor para o País, para o nosso Estado e nossa cidade.
 
O senhor não entrou numa hora errada não? Sem Lula, sem Dilma, sem ninguém do PT no poder. Como o senhor está se virando lá?
 
Célio – Realmente eu fui eleito num momento mais difícil na história política do País. Mas o meu partido, o PT, é um dos maiores na Câmara e estamos trabalhando unidos, um ajuda o outro. Não está sendo difícil.
 
É difícil ser um deputado federal sem ser corrupto?
 
Célio -  Muito difícil. Você recebe toda hora uma proposta indecente, não republicana. Mas isso não será problema, eu vou fazer um mandato limpo e digno da minha cidade e dos que votaram ou não em mim.
 
Como deputado, o senhor já foi assediado pela corrupção?
 
Célio- Ainda não, pois ainda não houve essa oportunidade deles chegarem até mim. Mas acho que pelo meu comportamento na tribuna, eles não vão tentar, será viagem perdida.
 
Qual a maior dificuldade em ser um deputado federal independente?
 
Célio – É ter que aceitar e ouvir tanta coisa e ficar calado, não poder denunciar naquele momento e ter que engolir, e ter que agüentar o clientelismo que existe dentro do congresso nacional.
 
O senhor compara o Bolsonaro a quem?
 
Célio- Bolsonaro é para mim um Napoleão Bonaparte de um asilo ou de um hospício
 
Qual o perfil do seu eleitorado? O senhor gastou muito dinheiro para se eleger?
 
Célio -Fui eleito sem apoio de prefeitos, de empresários, não comprei voto e os vereadores do meu partido apoiaram outros candidatos. O que gastei na campanha de deputado não daria nem para eleger um vereador em Araguaína.
 
Como o senhor ganhou, então?
 
Célio - Ganhei com apoio dos movimentos sociais, dos quilombolas, dos negros, da comunidade LGBT, índios, assentados e de amigos e companheiros.
 
Muitos políticos quando ganham, somem. O senhor vai seguir essa cartilha?
 
Célio- Eu estou viajando muito, visitando os quilombolas, assentamentos, vilas, povoados, todo o  Estado. Faço isso desde o primeiro dia de mandato. Estou indo aonde os outros não vão, e a resposta tem sido muito boa, pessoas agradecendo e apontando as principais necessidades de cada localidade visitada.
 
O senhor está fazendo isso já de olho nas eleições do ano que vem, ser candidato a prefeito de Araguaína?
 
Célio- Não. Faço isso porque gosto e acho que é o dever de cada parlamentar, conhecer de perto a realidade do seu povo. Já visitei cerca de 90 municípios, já fiz mais de 300 reuniões, debatendo as emendas de cada deputado e também a pauta do País, como reforma da previdência, entre outros temas.
 
Quantos milhões de reais cada deputado federal tem direito?
 
Célio- Cada parlamentar tem direito a 40 milhões de reais por ano.
 
Para onde o senhor vai indicar suas emendas?
 
Célio- Sou deputado de todo o Tocantins, mas preciso olhar para pessoas que sempre ficaram esquecidas e que nunca receberam ajuda de ninguém, como os negros, os quilombolas, os índios, e é claro, sem esquecer nossa cidade Araguaína, onde moro há 40 nos e onde construí  minha vida familiar e profissional. Depois a gente discute o restante.
 
O nome certo para a prefeitura de Araguaína
 
Célio- Pode esperar que ainda vai pintar esse nome. Pode anotar aí.
 
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento