05/04/2019 às 15h19min - Atualizada em 05/04/2019 às 15h19min

PT busca socorro nos evangélicos, mas pastor acha atitude desesperadora

PT busca socorro nos evangélicos, mas pastor acha atitude desesperadora
 
A relação entre o Partido dos Trabalhadores, PT, e os evangélicos brasileiros nunca foi um mar de rosas. Os dois lados sempre andaram a distância e se olharam com certa desconfiança. Os motivos? O PT é um partido considerado de esquerda, com ideologias marxistas (socialismo/comunismo), ideias não aceitas pela grande maioria dos seguidores da igreja evangélica brasileira.

Agora, para tentar se aproximar da ala evangélica, que nas últimas eleições descarregou votos no candidato da extrema direita, Bolsonaro, o PT acena com as duas mãos para os evangélicos, muitos deles considerados conservadores em relação a diversos temas como família, aborto, sexo, entre outros. 

A tentativa de aproximar a turma da Bíblia com o PT acontece nesta sexta-feira,6, e no sábado, 7, durante o 1º Encontro de Evangélicos  promovido pelo Partido dos Trabalhadores em São Paulo. As informações sobre a reunião são da coluna Radar, da folha de São de São Paulo.

No encontro, devem falar a ex-senadora e deputada federal e atual presidente da sigla, Gleisi Hoffmann, a ex-governadora do Rio de Janeiro e ex-senadora, Benedita da Silva e o polêmico  João Pedro Stédile, ativista de esquerda e um dos maiores incentivadores da reforma agrária no País.

Para o reverendo Josimar Rodrigues, secretário executivo da Convenção Batista do Tocantins, com sede em Palmas,  será difícil a tentativa do PT em se aproximar dos evangélicos. 

“A minha opinião é pessoal e não representa o grupo a que pertenço, mas acho que o encontro do PT para buscar ajuda ou apoio dos evangélicos é uma tentativa desesperadora. Os cristãos têm posicionamentos bem diferentes e distantes daqueles pregados pelo Partido dos Trabalhadores. Isso já ficou bem claro; nós defendemos temas importantes que o PT rejeita, mas respeitamos o posicionamento da sigla. Mas acho que o encontro de São Paulo, mesmo reunindo alguns líderes evangélicos, não terá  sucesso”, disse Josimar.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento