21/08/2019 às 07h42min - Atualizada em 21/08/2019 às 07h42min

Vereadora denuncia prefeito por supostas irregularidades e chama chefe do executivo de “ pop estar” e que ele “não tem moral”

Alberto Rocha - Alberto Rocha
Vereadora Meilene


Alberto Rocha

O caldeirão político da pequena cidade de Muricilândia, a  440 km de Palmas, norte do Estado,  está “pegando fogo”.
 
O prefeito do pequeno Município de Muricilândia, com  pouco mais de 3 mil habitantes,  Alessandro Borges,  é alvo constante de críticas disparadas especialmente pela vereadora Meilene da Silva Costa (PSL),  única opositora à gestão do prefeito Alessandro e segunda vereadora mais votada nas últimas eleições municipais.
 
Meilene diz que não adianta brigar nem denunciar o prefeito na Câmara  de Vereadores, pois o executivo teria o apoio de 7 dos 8 parlamentares.  Por isso, ela disse que resolveu fazer as denúncias por meio das redes sociais, especialmente em grupos de whatsapp e facebook, o que vem, segundo ela, dando resultados. “Muricilândia está de fazer vergonha, o prefeito só pensa em festa”, disse.
 
A vereadora alega também que tudo que ela apresenta na Câmara é rejeitado, incluindo até simples troca de lâmpadas ou reforma de quadras e bancos em povoados carentes.
 
Segundo a vereadora, o transporte escolar estaria um caos. Até o carro utilizado pelo prefeito, uma camionete e outro veículo, um fiesta, estariam levando crianças da creche  da cidade para o povoado Cocalândia, o que estaria colocando em risco a vida das crianças. Também, de acordo a vereadora, falta até leite na creche, e os ventiladores também estariam estragados.
 
A vereadora critica ainda o montante do dinheiro gasto em apenas três dias de festa realizada recentemente em comemoração ao aniversário da cidade.
 Entre os cantores e bandas contratados pela prefeitura estão artistas caros e de renome nacional, entre eles, Forró de Mel, Salomão Chaves e Banda, Washington Brasileiro e Forró Boys, além de uma cavalgada. O dinheiro seria de emendas de duas deputadas, Luana Ribeiro e Dulce Miranda, que teriam recebido apoio do prefeito nas últimas eleições.
 
É muito fácil, né senhor prefeito, torrar o dinheiro público com festas enquanto o povo não tem o básico do básico.  Essa é uma gestão de aparência, um prefeito que só pensa em aparecer na mídia, é o prefeito pop star, eu me envergonho de uma gestão dessa”, desabafa Meilene.
 
A parlamentar  diz ainda que o prefeito Alessandro não estaria cumprindo compromissos com  servidores da educação, como o pagamento da data-base relacionada à tabela do Fundeb.
 
A vereadora garantiu que já está de malas prontas para ir no Ministério Público fazer denúncias mais graves das que já foram feitas. Meilene não adiantou que denuncias seriam essas, mas garantiu que tem munição suficiente para denunciar o prefeito Alessandro. “Todos os dias recebo denúncias e reclamações contra o prefeito”, disse.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento