18/07/2019 às 07h51min - Atualizada em 18/07/2019 às 07h51min

Município pequeno do Tocantins terá à disposição mais de 13 milhões de reais nos próximos dias; cidade deve ficar um “brinco"

Alberto Rocha - Alberto Rocha


Alberto Rocha
 
Nem só de crise vivem os Municípios tocantinenses. Enquanto  a maioria dos prefeitos do Estados choram com falta de dinheiro, outros soltam fogos em comemoração aos recursos que estão entrando nos  caixas das Prefeituras.
 
O melhor exemplo vem de Filadélfia, não a dos Estados Unidos, mas a que fica no norte do Estado, a 500 km de Palmas.
 
A cidade, com cerca de 9 mil habitantes e seis mil eleitores, está rindo à toa com a entrada de cerca de 13 milhões de reais, recursos  ainda de emendas do ex-deputado federal,  Lázaro Botelho.
 
Só nos próximos meses devem entrar nos cofres da Prefeitura 10 milhões de reais. O dinheiro já está autorizado e está esperando apenas  a prefeitura concluir a licitação das obras para a liberação dos recursos.
 
Os dez milhões de reais, conseguidos por Lázaro Botelho, devem ser gastos  em obras de  infraestrutura, como asfaltamento de todas as ruas da cidade, além da implantação da rede de esgoto de Filadélfia.
 
Com esse dinheiro à disposição,  a cidade deve ficar um “brinco”, acabando de vez com a impressão de uma cidade abandonada, sem asfalto, cheia de buracos, estradas vicinais quase intrafegáveis, pontes caindo, entre outras mazelas que afetam o Município de Filadélfia.
 
Fontes disseram que o prefeito  da cidade, Mizô Alencar (MDB), chegou a reunir os vereadores e amigos para comemorar a chegada do dinheiro nos cofres da Prefeitura.
 
O convênio, de nº 861498/2017, no valor de mais de R$ 10 milhões,
são oriundos da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam).
  
Mais dinheiro
 
Além dos dez milhões de reais que Filadélfia deve receber nos  próximos dias,  já entraram no caixa da Prefeitura cerca de 3 milhões de reais para diversas obras, entre elas, melhorias de estradas vicinais (um milhão e meio), pavimentação asfáltica de algumas ruas, veículos, máquinas, tratores,  saúde, entre outras áreas.  
 
 
 
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento