28/06/2019 às 15h40min - Atualizada em 28/06/2019 às 15h40min

Deputada recua e já admite que filho Lucas matou pastor

Deputada federal, Flodrelis
 
A deputada federal Flordelis (PSD-RJ) disse, em entrevista à revista Veja, que desconfia que o filho adotivo Lucas dos Santos, de 18 anos, esteja envolvido no assassinato do pai, o pastor Anderson do Carmo,  com quem "teve problemas" após apanhar depois de roubar um outro irmão. Segundo ela, o filho não morava com eles desde o ano passado e não costumava aparecer sem avisar.
  
"Ele não morava com a gente desde o ano passado. Aí aparece nas câmeras da rua com duas mochilas por volta das 3 da manhã. Entra e sai da casa em minutos, de mãos vazias. O Lucas não tinha o hábito de aparecer sem avisar", disse.
 
 Perguntada se desconfiava da participação dele no assassinato, ela confirmou com a cabeça. Ela também falou que as mochilas que ele levava no dia do crime foram localizadas, mas não deu detalhes. "Processo está correndo em segredo de justiça".
De acordo com Flordelis, as desavenças entre o pastor e o filho adotivo eram por conta das atitudes do jovem.
 
A principal delas seria o roubo a um outro irmão, quando o pastor deu um "corretivo" no rapaz. “Eles tinham problemas por causa dos erros do Lucas. Aos 14 anos, meu filho roubou uns relógios que o irmão colecionava, pôs para vender e nós descobrimos. Como a situação era grave, meu marido bateu nele como corretivo. Hoje está no tráfico", contou. (odia).
 
 
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento