23/04/2019 às 18h15min - Atualizada em 23/04/2019 às 18h15min

O Tocantins na mira de um Deus irado; história de Sodoma e Gomorra se repete

Alberto Rocha - Alberto Rocha

foto de internet

Alberto Rocha
 
Fazendo referência ao evangelista  Lucas 3.9 ou a profetas como Ezequiel e Daniel,  o pastor  Washington Luiz, da Igreja Brasa Viva, Araguaína,  conseguiu deixar muita gente apavorada.
 
É que o Tocantins está prestes a ter o mesmo destino de  Sodoma  e Gomorra, destruídas pela ira de Deus, segundo a Bíblia ( Gênesis  19). As duas  cidades foram  varridas do mapa  por causa da grande maldade do povo que morava lá. Seus pecados já não podiam ser tolerados
 
Mas agora é a vez do Tocantins entrar no fogo ardente. Um vídeo que circula nas redes sociais traz uma suposta profecia do pastor: “Começa um juízo meu para com o Estado do Tocantins.(...) A minha espada está posta à raiz da árvore”, diz.
O problema é que a suposta profecia já começa a valer a partir de setembro deste ano, quando Deus, segundo pastor, vai começar a ceifar muitas vidas por aqui. Mas a igreja será preservada da mortandade.
 
A profecia lembra a história da morte dos primogênitos egípcios, quando o povo de Israel era escravo naquele país. (Êxodo 11).
 
Aqui no Tocantins, o matador será um ser estranho que sairá do sol com um capuz sobre a cabeça e uma grande espada na mão ferindo o Estado.
 
 “Ele começou a entrar de casa em casa que estavam nos endereços e era uma matança que nenhum de vocês pode imaginar. Havia choro para todo lugar no estado. O Governador tentando acalmar as pessoas… tinha pessoas fazendo ‘zig-zag’ na rua, nas cidades do Tocantins pelas quantidades de pessoas mortas”, disse o pastor.
 
Um velho político será morto
 

De acordo com a profecia do pastor Washington, Deus vai ceifar a vida de um dos políticos mais famosos e conhecidos do estado, pois este fez “muito mal a muita gente.

“Eu estou arrancando o tronco mais velho deste Estado”, sem citar quem seria esse tronco político mais velho do Estado, fato que levantou muitas dúvidas na população e na classe política. (Com informações Jmnotícia).
 

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento