03/07/2020 às 08h55min - Atualizada em 03/07/2020 às 08h55min

Justiça nega liminar para suspender TAF do concurso da Guarda Municipal de Araguaína


Foto: Divulgação 
 
O juiz Sérgio Aparecido Paio, 1ª Vara da Fazenda e Registros Públicos de Araguaína, negou a concessão de liminar para suspender a realização do teste de aptidão física (TAF) do concurso público da Guarda Municipal de Araguaína. A decisão foi proferida nesta quinta-feira (2) em dois Mandados de Segurança ajuizados por candidatos do certame.

2ª etapa do concurso será realizada neste final de semana, nos dias 4 e 5 de julho, sábado e domingo.

A justiça também negou o pedido para que fossem realizados testes para covid-19 em todos os candidatos convocados para essa fase do certame.

Nas ações judiciais, os candidatos alegam risco à saúde em razão da pandemia do coronavírus e prejuízo no desempenho físico devido à exigência de máscara durante a realização do teste, bem como por causa do fechamento das academias de ginástica por vários meses. Afirmam ainda que a Organização Mundial de Saúde (OMS) não recomenda o uso de máscara facial durante a realização de exercícios físicos, em razão do desconforto causado pela diminuição da capacidade cardiorrespiratória.

Ao analisar os argumentos, o juiz disse que não há especificamente uma nota técnica emitida pela mencionada instituição sanitária internacional quanto ao não uso de máscara durante exercícios físicos.

Em relação às academias, o magistrado disse que essa conta não pode ser "debitada à banca organizadora do certame", pois a questão do preparo físico é de exclusiva responsabilidade dos candidatos.

A decisão afirma ainda que o Poder Judiciário não poderia obrigar a testagem dos candidatos, pois, no caso de concurso público, a justiça só pode analisar e se manifestar sobre a legalidade das normas do edital e dos atos praticados pela comissão examinadora.
Ao todo, foram convocados 274 candidatos para o teste físico, que tem caráter eliminatório. O concurso oferta 40 vagas imediatas e 200 para formação de cadastro reserva.

MEDIDAS DE SEGURANÇA 

Conforme a banca organizadora, o Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (IDIB), os testes físicos serão executados com grupos de cerca de 15 a 16 candidatos por hora, com as seguintes medidas de segurança:

1. Equipamentos para sanitização, tais como materiais de higienização, incluindo álcool 70%;
2. Álcool em gel;
3. Máscaras;
4. Luvas descartáveis;
5. Termômetro;
6. Pessoal devidamente treinado para instrução e distribuição dos procedimentos de sanitização dos candidatos;
7. Fiscalização de todo o local de aplicação por pessoal devidamente treinado para dar o suporte necessário a se evitar aglomerações;
8. Divisão do horário de aplicação do TAF para evitar aglomeração de candidatos;
9. Todos os equipamentos utilizados pelos candidatos, após o uso, serão apropiadamente sanitizados antes da sua utilização por outro; etc. ( fonte AF).




 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento