21/10/2019 às 12h17min - Atualizada em 21/10/2019 às 12h17min

Governador destaca importância da rodovia Transbananal


Foto:Governo do Tocantins

"Esse trecho rodoviário, que corta a Ilha do Bananal, representa a integração e o desenvolvimento sócio econômico da região e dos povos indígenas". A defesa foi feita pelo governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, 18, em Gurupi, durante a audiência pública para discutir a implantação da Rodovia Transbananal, que corta a Ilha do Bananal, ligando o Tocantins ao Mato Grosso.
 
Para o Governador tocantinense, essa obra, acima de tudo vai proporcionar melhores condições de vida para os povos indígenas. "Estamos felizes em estar nessa missão, que vai promover a integração rodoviária do Tocantins com uma das regiões de maior produção de grãos do Brasil. Também vai proporcionar dignidade aos nossos indígenas, a partir do acesso às cidades, à educação, à saúde. Portanto, o que queremos é viabilizar essa rodovia, respeitando o meio ambiente, para o bem do Tocantins e do Mato Grosso", explicou.
 
Produção
 
Já o governador Mauro Mendes, governador do Mato Grosso, ressaltou que o seu estado produz 28% da soja do País e que essa região do Araguaia já foi conhecida como o vale dos esquecidos, mas hoje é a região das oportunidades, mas ainda sofre com a logística de transporte para escoar a produção. "Essa rodovia vai resolver essa questão e interligar os dois estados. Juntos podemos ser uma das economias mais prósperas do País. É possível realizar essa obra, porque todos querem, inclusive os índios da Ilha do Bananal, que serão impactados positivamente."
 
Rodovia Transbananal
 
A rodovia é considerada estratégica para o escoamento da produção dos dois estados, além da Bahia. O trecho de 90 km corta o Parque Indígena do Araguaia ligando os municípios de Formoso do Araguaia (TO) a São Félix (MT). O projeto é importante porque vai permitir criar oportunidades para alavancar o desenvolvimento de toda a região influenciada pela obra. O objetivo é intensificar a parceria entre todos os agentes envolvidos nos estudos para viabilizar a execução do trecho rodoviário.
(Governo do Toantins).
 
 
 


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento