01/10/2019 às 09h00min - Atualizada em 01/10/2019 às 09h00min

Líder comunitário aciona Ministério Público e critica vereadores pelo fechamento de hospital; Prefeitura responde com nota pública

Alberto Rocha - Alberto Rocha

Alberto Rocha
 
 
O portal de notícias otocantins veiculou matéria mostrando o fechamento do hospital de Nazaré, Bico do Papagaio. Também, foi mostrada denúncia de que os equipamentos teriam sido doados para outro Município da região, Tocantinópolis.
 
De acordo com moradores, o hospital municipal Januária Lúcia, que atendia a população de Nazaré e região há mais de 30 anos, foi fechado pela Prefeitura sem explicação, que ainda teria doado os equipamentos.
 
Sem nenhuma explicação, o hospital foi fechado deixando a população de Nazaré sem hospital. E o pior é que um caminhão de outro município chegou aqui e carregou todos os equipamentos do hospital e não apareceu ninguém da prefeitura para dizer o que estava acontecendo”, disse uma moradora.
 
Um dos líderes comunitários da cidade, José Alves da Silva, o Zezão do Povo,  protocolou documento no Ministério Público Estadual pedindo denunciando o caso. O caso foi registrado  na Ouvidoria do MP.
 
Também, a classe política da cidade entrou na mira do líder comunitário. No documento, ele  critica  os vereadores de Nazaré, que não teriam feito nada para impedir o fechamento do hospital.
 
Otocantins, por meio de mensagem pelo Whatzapp,  procurou o presidente da Câmara para comentar as críticas aos vereadores, mas ele não quis se pronunciar sobre o assunto.
 
Já a Prefeitura de Nazaré  emitiu uma nota pública explicando os motivos que levaram ao fechamento do hospital.
 
Confira na íntegra a nota da prefeitura.
  
NOTA PÚBLICA
 
Sobre o Hospital Municipal, o mesmo foi descredenciado pelo Ministério da Saúde através da Portaria de Consolidação GM/MS n° 2, de 28 de setembro de 2017, Portaria essa que revogou todas as demais portarias anteriores sobre as políticas de HPP. Sendo assim todos os HPP sendo obrigados a serem cadastrados novamente, fato feito pelo município através do ofício SMUS N° 37/2018 encaminhado para a Secretaria de Estado de Saúde, que é responsável por solicitar o cadastramento de HPP dos municípios, e teve o pedido negado devido a quantidade populacional do Município, de acordo com o documento em ANEXO.
 
Desta forma, uma vez que o HPP estava descredenciado e não podendo mais funcionar, tomamos a decisão de fazer uma reorganização do Sistema de Saúde do Município, transformando o Prédio do HPP em uma Unidade Avançada de Saúde, para aproveitar o espaço e continuar oferecendo um serviço de saúde pública de qualidade para a população. E estamos nos organizando para manter a Unidade Avançada de Saúde aberta 24 horas, inclusive com serviços médicos de plantão, atendendo assim praticamente os mesmos serviços do antigo HPP.
 
Além da Unidade Avançada de Saúde de Nazaré, temos mais 3 Unidades de Saúde no Município para atender a comunidade, nos povoados de Piaçava, Brejinho e Santa Helena.
 
Em relação aos equipamentos informamos que o Município não fez nenhuma doação, e sim uma Cessão dos equipamentos para o Município de Tocantinópolis, para que os mesmos possam atender a população de toda a regional que usam os serviços de saúde Pública daquele Município.
 
Equipamentos esses que não vinham sendo usados em Nazaré, e estavam todos amontoados, se deteriorando e pegando poeira, sem servir para a população de Nazaré e de nenhum outro lugar. Sendo que todos os equipamentos cedidos foram excedentes, ou seja, que não impede nem atrapalha de forma alguma o funcionando seja do HPP ou da Unidade Avançada de Saúde.
 
Informo ainda que fiquei surpresa com a dimensão que foi dada para esse assunto, uma vez que estamos cedendo equipamentos que não estão sendo usados, e que poderão salvar vidas em outro lugar, inclusive de pessoas do próprio município, caso alguém venha precisar dos serviços em Tocantinópolis.
 
Mais uma vez agradeço a oportunidade e me coloco a disposição sempre que precisar para esclarecimento de qualquer dúvidas”.

 Prefeitura de Nazaré.
 

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento