07/09/2019 às 08h51min - Atualizada em 07/09/2019 às 08h51min

Pequeno Município do Tocantins já tem 18 pré-candidatos a prefeito, mas esse número pode subir para 25

Alberto Rocha - Alberto Rocha


Alberto Rocha
 
O quadro eleitoral para a disputa da prefeitura de Filadélfia, a  490 km de Palmas, norte do Estado,  virou  “samba do crioulo doido”.  Até agora,  18 pessoas já se declararam pré-candidatas  ao cargo de prefeito. Mas esse número deve aumentar nos próximos dias e deve chegar a 25.
 
O município, com 6.562 eleitores, tem uma das eleições mais disputadas do Estado.  Nas últimas eleições municipais, votaram 5.044 eleitores (94% do eleitorado foram às urnas), e o resultado ficou assim: Mizô Alencar (MDB)- 2.600 votos, Neide Aparecida (PSD) 1962 votos, Márcia do MG  (PTN) 382 votos e Virney (PTN) 100 votos.

Nas eleições do ano que vem,  a lista de convidados é grande e o “bolo” vai ficar pequeno  para ser dividido entre tantos candidatos que desejam  substituir o atual prefeito. 

Entre os nomes que já demonstraram desejo de disputar o cargo estão o atual prefeito Mizô Alencar,  Josilene do Mutum, Neide Aparecida,  pastor Calebe, Iuri Lopes, Ednilson da Belêu, Tonhão Luz, Davi Bento, Dalcivan, Dr. Mauro Paiva, Palmeron Dias, Joãozinho da ambulância, Gustavo Rodrigues, Paulo Alecrim, entre outros.

Caso a população de Filadélfia resolva dividir os votos entre os possíveis  25 candidatos de forma igual, cada um leva  cerca de 201 votos.
A quantidade de pré-candidatos já virou piada na cidade. Muitos tratam o assunto até com ironia “Deve ser bom, senão ninguém queria. Mas ainda falta gente para entrar nessa lista aí.  Cadê aquele outro que já disse que é candidato também?, pergunta um morador do Assentamento Cristo Rei.
 
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento