29/04/2022 às 08h03min - Atualizada em 29/04/2022 às 08h03min

Secretaria da Saúde destaca Dia Mundial em Memória às Vítimas de Doenças e Acidentes de Trabalho


Foto: Divulgação
A cada 50 segundos, um acidente de trabalho é notificado no Brasil. Nos últimos dez anos, o Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) registrou 33.568 óbitos por acidente de trabalho no Brasil. No Tocantins, em 2022, já foram notificados 708 casos e 12 óbitos, com maior incidência em pessoas do sexo masculino; em 2021, foram 49 óbitos no Estado.

As atividades econômicas com maior registro de acidentes de trabalho, no Tocantins, estão relacionadas à área da saúde, seguidas pela construção civil e pelo agronegócio, atingindo a população economicamente ativa de 20 a 64 anos. O sexo masculino é mais atingido pelo agravo, cinco acima do registrado no feminino.

Para tentar reduzir esses números, a Lei n° 11.121 instituiu o dia 28 de abril como o Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do
Trabalho, com o objetivo de sensibilizar a sociedade para a importância da prevenção aos agravos.

Para a gerente da Saúde do Trabalhador do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador do Estado do Tocantins (Cerest) da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Magna Dias Leite, “infelizmente, o Brasil é considerado um recordista mundial em acidentes de trabalho. Este é um problema não só para o acidentado ou para o empresário, é uma questão social. O impacto de uma morte, de uma invalidez permanente ou temporária decorrente do trabalho é sentido por todos.

Nesse sentido, as questões que associam saúde e trabalho deixam de se relacionar exclusivamente à relação entre trabalhador e empregador, passando a ser também um objeto da saúde pública”.

A SES é comprometida em garantir a saúde do tocantinense, incluindo a população trabalhadora, por isso realiza ações de Vigilância em Saúde do Trabalhador (Visat) deste agravo por meio da área técnica de Saúde do Trabalhador (GST) e do Cerest, em conjunto com o Cerest Regional Araguaína, o Cerest Municipal Palmas e os 139 municípios.

Acidentes de trabalho

Acidentes de trabalho são todos os ocorridos por causas não naturais, compreendidas por acidentes e violências, que ocorrem no ambiente de trabalho ou durante o exercício do laboral. Eles ocorrem quando o trabalhador estiver realizando atividades relacionadas à sua função ou a serviço do empregador e ainda representando os interesses do mesmo (típico). Podem ocorrer no percurso entre a residência e o trabalho provocando lesão corporal ou perturbação funcional, podendo causar a perda ou a redução temporária ou permanente da capacidade para o trabalho e morte.
As dez ocupações com maior frequência de notificações de acidente de trabalho, no Brasil, de 2012 a 2021, são: pedreiro; trabalhador agropecuário em geral; técnico em enfermagem; alimentador de linha de produção; faxineiro; servente de obras; motorista de caminhão; empregado doméstico; operador de máquina fixa e motociclista.
(Governo do Tocantins).

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento