19/05/2021 às 13h53min - Atualizada em 19/05/2021 às 13h53min

Governo do Tocantins assina Carta do Turismo na Amazônia, que integra roteiros turísticos dos estados do norte do país


Foto: Divulgação
 
O presidente da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Jairo Mariano, acompanhado do Governador de Roraima, Antônio Denarium, do Secretário Nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo William França, do Secretário Nacional de Pesca e Aquicultura Jorge Seif Júnior e dos secretários de turismo dos estados do Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins, que compreendem a região norte do Brasil, assinou nesta quarta-feira, 19, a Carta Do Turismo na Amazônia: As Rotas Amazônicas Integradas (RAI)

O documento, que cria a Rotas Amazônicas Integradas (RAI), foi assinado durante o 1º Roraima Fishing Show, evento realizado em Boa Vista e ressalta que a Amazônia não é apenas um bioma, mas lar de diversos povos, culturas, tradições e paisagens, ainda pouco conhecido, chama atenção para a promoção de experiências de vivências que podem ser sentidas e percebidas por meio do turismo. Através da conexão com seus povos, sua ancestralidade, sua cultura, gastronomia, hábitos e cotidiano, os lugares e a riqueza da natureza próprios da região amazônica. 

A colaboração entre os estados nas ações que fortalecem o turismo em toda a Amazônia por meio da RAI, tem como prioridades segmentos do ecoturismo, turismo de aventura, turismo de pesca esportiva, etnoturismo, turismo rural e turismo de experiência. 

O documento propõe quatro cláusulas que devem ser seguidas pelos estados. A primeira delas prevê, a partir da sua formalização, a priorização no segmento da pesca esportiva, cabendo aos Secretários e Dirigentes dos órgãos estaduais de turismo a escolha dos próximos produtos turísticos a serem trabalhados, de acordo com a motivação proposta pelo grupo.

Os gestores também compactuaram a execução de ações turísticas em conjunto, voltadas aos segmentos prioritários, a fim de reduzir custos, concentrar esforços, integrar e potencializar forças de forma cooperada, além da contribuição com dados e informações.

A fim de manter o diálogo entre os estados da federação, a Carta propõe a realização de reuniões ordinárias a cada noventa dias, de forma remota, com data definida pelo coordenador geral, com o objetivo de debaterem e decidirem os rumos, projetos e linhas gerais voltadas ao desenvolvimento das ações do grupo. 

Ao assinar o documento, Jairo Mariano frisou a importância da união dos estados na promoção dos roteiros e a parceria do Governo do Estado do Tocantins, Governador Mauro Carlesse, com os Estados da região norte. “É muito além de uma ação de promoção. Estamos tratando de projetos, atividades mobilizadoras que irão pautar o turismo da região norte do país e, consequentemente, toda a cadeia produtiva vinculada a ela. Temos a oportunidade, através deste documento, de alinhar propostas de estruturação e ordenamento em toda a região e assim, fortalecer o turismo para além de uma visão amazônica simplista, mas mostrando todo o potencial existente em cada estado”, destacou o presidente.
(Secom).

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento