14/12/2020 às 08h01min - Atualizada em 14/12/2020 às 08h01min

Processo seletivo vai contratar profissionais para atuar na Clínica da Mulher em Araguaína


Foto: Marcos Sandes/Ascom
 
Um processo seletivo foi aberto pelo Hospital do Amor e a Prefeitura de Araguaína para contratar funcionários que irão trabalhar na Clínica da Mulher. São oferecidas 18 vagas para os cargos de enfermeiro, técnico em enfermagem, técnico em radiologia, assistente administrativo, motorista e auxiliar de hotelaria.

As inscrições são gratuitas e estão sendo feitas exclusivamente pelo site https://hospitaldeamor.gupy.io/.

A Clínica da Mulher funcionará em parceria com o Hospital de Amor e vai atender no prédio do antigo Hospital de Campanha COVID - Vila Norte. A prefeitura disse que na próxima semana, vão ser iniciadas as adaptações estruturais no local. A previsão é de que o atendimento ao público feminino comece a partir de janeiro do ano que vem.

O interessado deve realizar o cadastro no site. Em seguida, basta acessar o cargo e enviar as informações solicitadas.

“Faremos um filtro dos currículos, das provas aplicadas durante o cadastro e com essa avaliação inicial vamos selecionar os que se destacarem, passando depois para a etapa da entrevista, quando apresentaremos aos selecionados mais detalhes sobre o cargo e informações como remuneração e outros”, explicou o assistente de gestão de pessoas do Hospital de Amor, Alex Gomes dos Santos.

Clínica da Mulher

A expectativa é de que a Clínica da Mulher realize dois mil atendimentos por mês. O objetivo é ampliar o acesso gratuito da população a serviços de média complexidade no Sistema Único de Saúde.

Serão oferecidos consultas e exames para a prevenção e diagnóstico do câncer do útero e de mama, como mamografia, papanicolau, biópsia de mama e colo de útero e consultas médicas relacionadas a essas especialidades.

Esses serviços serão realizados por meio de agendamento das unidades básicas de saúde ou por demanda espontânea. A unidade será referência para a macrorregião norte abrangendo mais de 64 municípios, numa população de mais 600 mil habitantes.

Além da unidade fixa, Araguaína também contará com uma unidade móvel (carreta da mulher), que já iniciou os atendimentos e exames de prevenção do câncer do colo de útero e de mama na cidade e percorrerá os municípios da macrorregião norte.
(Fonte: G1 Tocantins).

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento