11/09/2020 às 08h26min - Atualizada em 11/09/2020 às 08h26min

Todos os bairros de Araguaína passam a ter casos confirmados de coronavírus


Foto: Divulgação 

Um levantamento da Vigilância Municipal Epidemiológica de Araguaína apontou que todos os bairros da cidade têm casos confirmados do novo coronavírus. O município, que fica na região norte do estado, é o segundo mais afetado pela pandemia no Tocantins e já soma mais de 13,7 mil casos da Covid-19 e 173 mortes. A cidade tem 123 bairros e segundo a pesquisa de monitoramento, em todos eles há pelo menos uma pessoa infectada. No mês de agosto, só o povoado Pilões e o setor George Yunes não tinham casos confirmados.

O levantamento informa que os locais mais afetados são os setores Araguaína Sul, que tem 968 registros da Covid-19, bairro São João, com 842 pessoas doentes e o centro, com 643. Já o Jardim das Acácias, Jardim das Mangabeiras, alto Bonito, Imaculada Conceição estão entre os setores com menor número de moradores com a doença.

A situação preocupa quem mora em Araguaína. É que o primeiro caso de Covid-19 na cidade foi confirmado no dia 27 de março e ao longo dos dias a doença avançou em ritmo acelerado. Só nesta quinta-feira (10) foram contabilizados 405 novos diagnósticos no município.

O superintendente da vigilância epidemiológica de Araguaína, Eduardo Freitas, diz que os casos positivos são acompanhados e que as fiscalizações acontecem principalmente nos pontos em que são flagradas aglomerações de pessoas. "Infelizmente as pessoas estão se aglomerando ainda. A gente tem multado, tem tomado as medidas necessárias que a gente consegue fazer. Araguaína é uma cidade grande e é quase impossível a fiscalização está em todos os lugares", disse.

Eduardo disse ainda que "se aumentar o número de ocupação de leitos hospitalares, clínicos e de UTI", as restrições na cidade devem ficar mais severas
(G1 Tocantins).

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento