03/07/2020 às 10h52min - Atualizada em 03/07/2020 às 10h52min

Candidatos que entraram na justiça para adiar o TAF da Guarda Municipal retiram ação após receberem ameaças


Foto: Divulgação 
 
Mesmo com ameaça de propagação do covid-19, a Prefeitura de Araguaína e a banca responsável pelo concurso público da Guarda Municipal, IDIB, realizam a prova de aptidão física dos candidatos, o TAF, marcado para este sábado, 4, e domingo, 5.

De acordo com o advogado Agnaldo Bastos, que representa dois candidatos que entraram na justiça pedindo a suspensão temporária do teste físico, os clientes desistiram da ação após receberem  ameaças de outros concorrentes, que teriam ficado insatisfeitos com a iniciativa de pedir o adiamento da prova em virtude da gravidade da pandemia e do alto índice de contaminação de coronavírus na cidade.

De acordo com o advogado, o Ministério Público adiantou que vai apurar as possíveis ameaças aos candidatos.

Entenda o caso

O concurso da Guarda Municipal de Araguaína é realizado pela banca Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro-IDIB. Para a segunda fase do certame, foram convocados 274 candidatos para o TAF, que acontece neste sábado,4 e no domingo,5.

Devido à pandemia e do alto índice de contaminação do covid-19 na cidade, além do uso de máscara durante a realização da prova, alguns candidatos entraram na justiça pedindo o adiamento do TAF, mas uma das ações foi indeferida pela justiça, enquanto outras ações aguardam manifestação da justiça.




 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento