04/02/2020 às 06h53min - Atualizada em 04/02/2020 às 06h53min

Governador Mauro Carlesse lança segunda etapa de qualificação profissional para mulheres de baixa renda


Foto- Governo do Tocantins                          Governador e alunas de curso de qualificação

 
Cheias de expectativa e vontade de imprimir a identidade feminina em áreas de trabalho tradicionalmente masculinas, as alunas das primeiras turmas de 2020 do Projeto Jeito de Mulher participaram do lançamento da segunda etapa,  em Palmas.
 
O Projeto de geração de emprego e renda executado pelo Governo do Estado beneficiou 210 mulheres de oito municípios do Estado em sua primeira etapa realizada entre 2016 e 2017. Na segunda etapa serão beneficiadas mais 225, totalizando 435 mulheres.
 
Na ocasião, o governador ressaltou que as mulheres já estão presentes em todas as esferas da sociedade, mas que é necessário lembrar-se daquelas que tiveram menos oportunidades: “O Governo e sua equipe tem feito esse trabalho e é isso que queremos melhorar cada vez mais a vida das mulheres que tanto tem interesse e tanto precisam.
 
Sobre o Projeto
 
O Projeto conta com recursos de mais de R$ 880 mil do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, com contrapartida e execução do Governo do Tocantins.
 
O público alvo são mulheres preferencialmente de baixa renda, em condição de desemprego ou subemprego, e aquelas que almejam a inserção no mercado de trabalho para atuar em áreas consideradas tradicionalmente masculinas.
 
Além de participarem dos cursos gratuitamente, as alunas são contempladas com todo o material didático das aulas teóricas, os materiais e os equipamentos de segurança necessários para as disciplinas práticas, além de alimentação e vale-transporte.
 
Cada turma contará com 15 vagas, e serão feitas inscrições para um cadastro de reserva.
 
Araguaína - Eletricista de Instalações Comerciais e Residenciais (180 horas)
Araguatins – Produção de Derivados de Leite (80 horas);
Dianópolis - Produção de Derivados de Leite (80 horas) e Instalador de Alarme Residencial (80 horas);
Guaraí - Produção de Derivados de Leite (80 horas);
Gurupi - Produção de Derivados de Leite (80 horas) e Mecânica de Manutenção de Motocicleta (160 horas);
Paraíso do Tocantins - Mecânica de Manutenção de Motocicleta (160 horas) e Produção de Derivados de Leite (80 horas);
Porto Nacional – Mecânica de Manutenção de Motocicleta (160 horas), Produção de Derivados de Leite (80 horas) e Pedreiro (200 horas).
(Secom-TO).
 

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento