22/04/2022 às 13h02min - Atualizada em 22/04/2022 às 13h02min

Crime brutal: Guarda Municipal não resistiu e morre no hospital

]
Créditos: AF Notícias
 
O guarda municipal Luciano Pereira Cardoso, 33 anos, morreu no Hospital Regional de Araguaína (HRA) após ter sido atacado por três homens que invadiram sua residência durante a madrugada desta sexta-feira (22). 
 
Segundo relatos da família, o guarda foi  esfaqueado, sendo  socorrido pelo Samu, em estado grave, e passou por procedimento cirúrgico, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã desta sexta-feira. 
 
Luciano Cardoso foi atingido a facadas em várias partes do corpo, como no tórax, crânio e cervical. A esposa e o filho dele estavam dentro da casa no momento do crime, mas não foram atacados. 
 
Os três suspeitos são irmãos e morreram em suposto confronto com a Polícia Militar agora pela manhã, dentro do Parque das Águas. Eles estavam ingerindo bebidas alcoólicas desde cedo e, durante a madrugada, decidiram pular o muro da casa do agente para matá-lo por causa de uma desavença anterior. Um dos criminosos estava usando tornozeleira eletrônica. Fontes: AFN e Programa Agora).

 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento