23/07/2020 às 09h27min - Atualizada em 23/07/2020 às 09h27min

Reeducandos da região Operacional V recebem curso de fabricação de blocos e artefatos de concreto


Foto: Divulgação 
 
Promover a reinserção social de pessoas privadas de liberdade por meio do trabalho e da capacitação profissional é um dos objetivos da execução da pena. Diante disso, custodiados da Região Operacional V do Sistema Penitenciário e Prisional do Tocantins participaram da aula inaugural do curso de fabricação de blocos e artefatos de concreto, na Casa de Prisão Provisória de Dianópolis. 

Com carga horária de 160 horas/aula, o curso de fabricação de blocos e artefatos de concreto contará com aulas práticas e teóricas para pessoas privadas de liberdade das Cadeias Públicas de Natividade, Paranã, Taguatinga, Arraias, Palmeirópolis e CPP de Dianópolis. As atividades do curso acontecerão de segunda a sábado nas unida penais da Região Operacional obedecendo aos protocolos de prevenção à transmissão da Covid-19.

O superintendente de administração dos Sistemas Penitenciário e Prisional da Seciju, Orleanes Souza, afirmou que a expectativa é de que reeducandos de diversas unidades prisionais do Estado sejam capacitados pelo projeto. “Com as ações que integram o Programa Novo Tempo nossa meta é oferecer educação profissional, trabalho e renda para pessoa privada de liberdade com a finalidade de reinserção social. Contamos também com parcerias entre as empresas privadas para que olhem para dentro das unidades prisionais como sendo um lugar com mão de obra para o trabalho”, disse. (Secom).



 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento