06/06/2020 às 08h10min - Atualizada em 06/06/2020 às 08h10min

Coletiva de imprensa cristã com o Pastor Ock Soo Park


Foto: Divulgação 

Em comemoração à realização do Seminário Bíblico Online de 2020, uma coletiva da imprensa cristã com o Pastor Ock Soo Park, foi realizada na Igreja Boa Notícia de Gangnam às 14h do dia 21.

Neste dia participaram 8 agências de notícias, incluindo emissoras cristãs. Os jornalistas trocaram perguntas e respostas com o Pastor Ock Soo Park por cerca de duas horas, sobre o tema “O significado do Seminário Bíblico on-line com 94 países e o caminho que a igreja coreana deveria seguir.”

Antes da entrevista, tivemos um momento para recordar o seminário, assistindo ao vídeo especial do Seminário Bíblico transmitido em 26 idiomas em 94 países através de 215 emissoras em todo o mundo. A partir de então, foi realizado o momento de perguntas e respostas entre os jornalistas e o Pastor Ock Soo Park

A Missão Boa Notícia se tornou um modelo para o mundo ao colocar rapidamente as transmissões on-line desde os primeiros dias da proliferação do Coronavírus, especialmente ao transmitir on-line o culto de Páscoa. Acredito que a missão já trabalhava com a transmissão pela internet há muito tempo e desta vez pôde brilhar. Como foi transmitido para 1 bilhão de pessoas através de 215 emissoras em mais de 100 países, foi um Seminário internacional. Com este seminário, chegou a hora dos telespectadores de todo o mundo conhecerem adequadamente a Missão Boa Notícia.

Consequentemente, o Pastor Ock Soo Park contou sobre o episódio quando pregou o evangelho ao Presidente de Gana em 2009 e falou do evangelho mencionando a expiação em Levíticos e a expiação eterna realizada por Jesus Cristo no Novo Testamento, nos livros de João, Romanos, Hebreus.

Pregando esse evangelho, ele educa os jovens de todo o mundo, encontra com os governadores, oficiais do governo e aproxima-se da mídia local, e os estudantes que realizam o trabalho voluntariado no exterior, ao aprender o idioma local, podem traduzir e auxiliar de outras formas. E explicou em detalhes sobre os preparativos para a realização deste seminário bíblico.

“Na maioria dos países estrangeiros, as emissoras me conhecem melhor do que na Coreia. Os jornalistas que me conhecem, e as pessoas que receberam o perdão dos pecados e aprenderam a vida de fé, cooperaram ativamente conosco.

E por causa de COVID19 muitas pessoas não podem sair de casa e puderam humilhar seus corações. Para estas muitas pessoas que estavam oprimidas pelo pecado, coloquei o tema “Quando o coração está alegre e feliz, se liberta da escuridão”. Muitas pessoas (ouvindo o seminário bíblico) enviaram mensagens de que estavam felizes por receber o perdão dos pecados. Principalmente os pastores, que também mandaram suas mensagens. “Eu não sabia, gostaria de aprender.”

P) Qual foi o motivo do pastor ter decidido tão rapidamente a transmissão nas principais emissoras de capa país? Qual foi o foco delas?

“Estive trabalhando bastante no exterior e foram publicadas muitas notícias. Também transmiti muitas pregações em emissoras famosas do exterior, como a Enlace. Na TICAD (Conferência Internacional de Tóquio sobre Desenvolvimento Africano), conheci 7 autoridades, acredito que eles verificaram e confiaram em mim. E temos todas as nossas filiais. Os responsáveis das filiais fizeram a conexão. O importante é que eles pensam que as pessoas que estão sofrendo devido ao COVID19, ao escutarem a palavra do Seminário Bíblico, ficarão felizes. Há muitos lugares onde as emissoras estão transmitindo para o bem de seus telespectadores e outras as seguiram. Há muitos lugares que começaram agora.

Porque eles me conhecem, se fosse pela primeira vez não iriam querer colocar. Eles pensam positivamente. Eu preparei pregações e estou transmitindo em Nova Iorque e Los Angeles há um ano. Acho que esses trabalhos acontecem porque aquelas pessoas já me conheciam, sabem e confiam. Apesar das pessoas estarem sofrendo agora, eu acredito que Deus fez isso, para confortá-los e dar força, eu pensei que não haveria uma história mais poderosa do que a remissão dos pecados. Muitas pessoas me mandaram mensagens de agradecimento. Deus permitiu na hora certa e por isso que foi bom.

P) Missões no exterior não é fácil. Fisicamente existem limitações, e já é cansativo voar por seis horas para a África. Há momentos difíceis, momentos onde ficamos cansados, e não é fácil falar diante de dezenas de milhares de pessoas.

Mas como você pode superá-lo? Eu tenho curiosidade como você mantem a sua saúde.

O Pastor Ock Soo Park testemunho que quase morreu de úlceras estomacais e problemas cardíacos, mas acreditou na palavra de Deus e foi curado.

“O vôo mais difícil é o de 30 horas da Coreia para o Paraguai via Los Angeles, mas não fico cansado. Por que estaria cansado por pegar um avião? Mesmo agora, Deus me dá força e ao pregar fico fortalecido. É divertido, e sou feliz.”

P) Neste momento em que o mundo está inseguro devido à COVID19, penso que Deus o utilizou, permitindo sonho e esperança pelo mundo todo através da palavra. Ao falar de “perdão dos pecados” recordo do Pastor Park. Pastor não tem a intenção de dizer que é o seminário Espírito Santo de Ock Soo Park.

“Ao acreditar que meus pecados foram lavados, o Espírito Santo entra. (Antes de eu receber a salvação) eu pensava que era um pecador. Quando li a Bíblia, diz que meus pecados foram perdoados e que sou uma pessoa justa. Eu sou pecador, mas se a Bíblia diz assim então é certo que sou justo. Aqui deixo meus pensamentos de ser pecador e aceito pela Bíblia que sou justo. A partir desse momento, aquela palavra conduziu a minha vida e começou a vida pelo Espírito Santo. E “O justo viverá pela fé” não é viver pelas minhas obras e sim viver pela fé no fato de ter lavado meus pecados na cruz de Jesus.”

P) O COVID19 é considerado uma pandemia. Estamos vivendo em desespero e medo. Ao ouvir a palavra do Pastor, penso que a Missão Boa Notícia está enfrentando outro ponto de mudança. Quais são os planos para atividades futuras?

“Até onde eu sei, houve muitos desastres no planeta. Fome e guerra. Com Israel foi assim. Ao distanciar de Deus, tornaram-se escravos…é semelhante aos pensamentos humanos. Certamente acredito que independente do país que for, ao voltar para Deus, não tem como não ser abençoado por Deus. Por mais que venha o COVID19, se aceitar o perdão do pecado pelo sangue de Jesus, Deus abençoará. Nesta oportunidade, todos, ao receberem o perdão do pecado, jogarem os seus próprios pensamentos e aceitarem a fé, tanto a Coreia como o mundo inteiro, Deus dará a benção, e se todas as pessoas do mundo tiverem essa fé, Deus abençoará.

P) O que você gostaria de dizer aos pastores e cristãos coreanos?

“Segundo o cristianismo, a igreja do apóstolo Paulo se corrompeu. Ela caiu na era do Policarpo. Os seres humanos são mais inclinados ao mundo do que a Deus, por isso os servos de Deus devem assumir a liderança e conduzi-los para a fé. O lamentável no cristianismo coreano é que, mesmo depois de dez anos, as pessoas continuam pecadoras…isso faz doer o meu coração. Não queria enxergar somente como um membro da igreja, mas queria ajudar na parte de viver servindo o Espírito Santo, para obterem o perdão do pecado, ensinar a Bíblia, para que pudessem viver com um coração alegre.

Eu continuo com a educação pastoral. Ao visitar os quatros países da América do Sul em fevereiro e realizar a conferência (de cada país), cerca de 600 a 700 pastores participam, e dou palestras separadamente. Seria bom que os pastores sejam perdoados dos pecados e sejam santificados, e não membros pecadores, mas eu gostaria de ajudá-los e gostaria que a Coreia fosse um país abençoado de Deus, e gostaria que não houvesse acusações infundadas. Ao pregar a palavra certa, trará vida à igreja. Espero que unam seus corações e sirvam felizes a Deus.”

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento