24/12/2019 às 07h42min - Atualizada em 24/12/2019 às 07h42min

Rapaz acidentado e que está internado há seis meses, deixa o hospital para passar Natal e final de ano em Casa com familiares




 
Alberto Rocha
 
A vida de  Luis Augusto Timóteo, 20 anos,  lavrador,  vai muito além da dor e do sofrimento. Ele vive na expectativa de receber um milagre,  especialmente  nessa época  do ano em que as pessoas  se preparam  para comemorar  o Natal e o Ano Novo  com mesa farta e bebida à vontade.
 
Luis Augusto sofreu um acidente  de moto que resultou  numa fratura panfacial gravíssima, com exposição da massa encefálica, perda de um olho e comprometimento de toda a face. O sofrimento já dura seis meses.

Há seis meses morando dentro do hospital Regional de Araguaína à espera de uma cirurgia, Luis ganhou um pequeno recesso para passar o final de ano em casa com a família e retorna para o hospital no dia 5 de janeiro.
 
Os médicos que atendem Luis Augusto  já pediram por duas vezes a transferência dele para Palmas, de onde seria encaminhado para o hospital das clínicas em São Paulo, mas o Estado negou os pedidos.
 
Nos pedidos de transferência  fora de domicílio- TFD, os médicos alegam  que o hospital Regional não tem  estrutura , nem material, nem condições técnicas para atender o caso de Luis, o qual deveria ser transferido para São Paulo, mas até agora, nada.
 
A família de Luis espera  que o espírito de solidariedade  chegue nas autoridades e encaminhem o rapaz  o mais rápido possível para  o tratamento  em São Paulo. “É muita dor e sofrimento ver o meu irmão assim; não sabemos mais o que fazer. Esperamos um milagre”, disse um dos familiares.



 

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento