31/10/2019 às 13h27min - Atualizada em 31/10/2019 às 13h27min

Por meio de nota, a Prefeitura de Palmeirante rebate acusações contra o prefeito Charles


 

Após publicação de matéria sobre  acusações de Vereadores  de Palmeirante contra o prefeito do Município, Charles Dias da Silva, que estaria praticando crime de responsabilidade, de privilegiar pagamento para empresa denunciada pelo Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado e de não fazer investimentos no Município, a Prefeitura Municipal enviou uma NOTA DE ESCLARECIMENTO rebatendo as acusações.

 
Leia abaixo, na íntegra, a NOTA DE ESCLARECIMENTO  do jeito que veio da Prefeitura sobre as supostas acusações. Em tempo, o portal de notícias otocantins não é responsável pelos termos nem estilo utilizados na  redação da nota. 
 
 
" NOTA DE EXCLARECIEMNTO

A Prefeitura Municipal de Palmeirante vem através desta, nota Esclarecer a este jornal que a cada ano que passa vem crescendo em seu segmento no estado do Tocantins e porque não falar na região norte.

Na verdade não são quatro dos nove vereadores que persegue a atual gestão do Município de Palmeirante, apenas dois vereadores, Raimundo Bento Alves Queiroz que em 2018 era da base do Prefeito e o Vereador e Pré - candidato a Prefeito Raimundo Brandão dos Santos.

A matéria menciona que a atual gestão na esta fazendo investimentos no município, vamos aos fatos, a atual gestão ao assumir a Prefeitura Municipal de Palmeirante, recebeu os cofres públicos arrombados de dividas absurdas, servidores da administração com 4 meses sem receber, Assistência Social servidores com 4 meses sem receber, Saúde 3 meses sem receber e educação 2 meses sem receber, a divida deixada pelo Ex- prefeito Manoel de Oliveira Plinio só com folha de pagamento em mais de R$1.400.000,00, com fornecedores mais 600 mil reais, agua, energia, telefone, em mais de 200 mil reais e outras dividas o rombo de inadimplência foi de mais de 3 milhões de reais, sem uma ambulância para transportar pacientes todas no toco, os pacientes eram transportados em carros comuns, transporte escolar todos no toco, tratores todos no toco na verdade sem nada.

Investimentos: Atual Prefeito ao assumir de imediato com sobre de recurso federal comprou duas ambulâncias novas, com recurso próprio comprou um trato zero para a secretaria de agricultura, comprou 3 sandero novos, um para administração, um para Assistência e outro para a saúde. Comprou para o abatedouro de aves municipal todos os equipamentos necessários para abater frangos e vender para agricultura familiar, hoje todo frango consumido pela merenda escolar e programas sociais de dentro do município são frangos de pequenos produtores, agora estamos em faze de conclusão do abatedouro da agricultura familiar estadual o único do estado deste segmento e a casa de polpa de frutas em parceria com a Sudan que já esta em faze de inauguração poupa essa compradas de pequenos produtores rurais, hoje nossos alunos não consome suco vendido em supermercado tudo vem da agricultura familiar e suco natural, concluímos a ubs do povoado paciência que o Ex gestor deixou inacabada o atual prefeito teve que colocar mais de R$160 mil em recuso próprio para concluir aquele ubs que hoje atende toda quinta feira dentro do povoado com medico toda semana, o atual prefeito em parceria com o governo federal conseguiu trazer para a saúde uma triton zero km que hoje ajuda nossos trabalhadores em endemias, atual gestão dentro dos últimos 3 anos já construiu mais de 23 pontes dentre reformas e construções e incluindo pontes de concreto e isso com recurso próprio, dentro da cidade na zona urbana asfaltamos 5 travessas com recursos próprios, travessa 19 de março, Manoel Burujack Maranhão, José Lima de Barros, 25 de fevereiro, e a travessa próximo a Dulcileya isso com recursos próprios e 440 metros de asfalto em parceria com ministério das cidades na avenida Goiás, asfalto esse que o Ex gestor tinha deixado inacabado e atual gestão terminou essa obra, outro investimento é no mini laticínio que estamos dando todo o suporte com equipe técnica para que esse laticínio possa conseguir a certificação estadual, porque ele só tem a municipal, hoje todo o leite consumido nas escolas vem dos nossos pequenos produtores rurais, prefeito em parceria com governo do estado conseguiu mais um trato zero km para o município em 2018, hoje temos uma equipe técnica na
agricultura, um medico Veterinário, um engenheiro agrônomo e um técnico agropecuário.

Outro investimento foi na área dos nossos servidores municipais o atual prefeito aprovou todos os planos de carreira que a muitos anos estavam ai engavetados e atual gestão cumpriu seu compromisso e esta pagando toda sua folha de pagamento como manda a lei, planos de carreira do quadro geral, da educação e da saúde, investimento em transparência como nunca houve neste município, nosso portal da transparência é atualizada todos os dias todas as despesas são empenhadas em tempo real todos tem acesso a tudo que acontece em nosso município isso nunca houve como agora esta acontecendo, toda segunda feira o medico atende no povoado Cicilândia na outra ubs que tem neste distrito, bueiros sendo construídos com recursos próprios, recuperação de receita como nunca houve, o atual legislativo esta com uma receita excelente porque o atual gestor ele busca recuperar as receitas perdidas que nenhum outro se preocupava mas esta ai a prova o melhoramento do nosso ICMS estadual que existia uma perca muito grande mas agora esta sendo corrigido mês a mês.

Sobre o orçamento: em 2018 o projeto de lei orçamentário foi encaminhado para a câmara pedindo 75% de orçamento para 2019, mas o vereador Raimundo Brandão entrou com uma emenda solicitando a redução de 75% para 45%, e era evidente que o município iria pedir uma suplementação de credito adicional e solicitamos 20%, mas o então presidente da CCJ Raimundo bento Alves, vem usando argumentos para dizer que atual gestão esta gastando mais que o permitido, prova disso que estamos falando a verdade, busque lá no TCE o CICAP do Município de Palmeirante e vejam se não esta fechado e entregue. Estamos pedindo suplementação porque estamos trabalhando prova disso esta ai nas ruas da cidade asfaltos sendo construídos e pontes de concretos sendo construídas com recursos próprios e os vereadores Raimundo bento Alves Queiros e Raimundo Brandão realmente não desejam que isso aconteça que é ofertar aos nossos cidadãos o amparo necessários que eles precisam e ficam travando o projeto de lei com argumento de inconstitucionalidade.

Todos os empenhos foram feitos dentro do estimado de 45% não existe essa de dizer como na matéria que o Vereador Raimundo bento Alves Queiroz menciona que os empenhos foram feitos fora do estimado, estão todos feitos dentro do estimados.

A atual gestão decidiu paralisar em parte os serviços publico em virtude de não poder empenhar mais nada e comprar mais nada até que o projeto de lei seja aprovado, pois antes disso a atual gestão vai manter os serviços em parte paralisados, a Prefeitura fica triste com essa situação que na verdade não tem nada com questões de crime publico ou de erros e ou falta de planejamento. E duas perguntas permeiam,.. Porque em 2017 os nobres vereadores citados votaram para orçamento ser em uso de 100%? e em 2018 o atual presidente da CCJ que na verdade era da bancada do atual prefeito e o mesmo votou para uso do orçamento em 70%?

E podemos afirmar que a paralização dos serviços se da devido à falta da aprovação do projeto de lei, isso realmente é fato, pois não existem motivos ou justificativas para a não votação do mesmo, pois o projeto de lei 009/2019, não vem trazer dano algum ao erário publico e nem tampouco prejuízo a nossa população, pois dinheiro em caixa o município ele dispõe o problema é os dois vereadores Raimundo bento e Raimundo Brandão que ficam arrumando artifícios para que o projeto de lei não entre para votação, e com isso prejudicar as politicas publicas em andamento, como construções de pontes que estão em andamento, construções dos meios fios nas ruas que já estão asfaltas recentemente, compra de medicamentos, compra de combustível para as frotas rodarem, folha de pagamento dos servidores, isso sim é a verdade, o problema é politico e bandeira partidária, os dois nobres vereadores realmente querem que o projeto não entre em votação para que a atual gestão seja obrigada a parar com o desenvolvimento que hora nunca viram e pensando já nas eleições de 2020. “É UM PROBLEMA POLITICO”.

Não é um problema de crime publico e sim um problema politico e a nossa população e maior prejudicada pela postura dos dois vereadores, Raimundo bento Alves e o vereador e pré candidato a Prefeito Raimundo Brandão dos Santos.

Pagamentos das Empresas: não existe favoritismo na atual gestão, pagamos todos sem olhar a quem isso é uma inverdade oque diz na nota.
 
 
PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMEIRANTE-TO"
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento