23/01/2023 às 08h44min - Atualizada em 23/01/2023 às 08h44min

Tocantins assina Termo de Fomento do PICS que irá beneficiar 600 pequenos negócios em 12 municípios tocantinenses


 

O Secretário da Indústria, Comércio e Serviços (Sics), Carlos Humberto Lima, juntamente com o Secretário da Cultura e Turismo (Sectur), Hercy Filho, receberam representantes do Sebrae Tocantins e da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Tocantins (Fecomércio), para cerimônia de assinatura do aditivo do Termo de Fomento do projeto Tocantins Mais Turismo.  

O Projeto Tocantins Mais Turismo foi contemplado no Programa de Impulsionamento da Indústria, Comércio e Serviços do Tocantins (Pics), e está centrado no pilar de qualificação de mão de obra. Ele irá beneficiar 600 pequenos negócios em 12 municípios de quatro regiões turísticas: Encantos do Jalapão, Serras Gerais, Praias e Lagos do Cantão e Ilha do Bananal. Com investimento na ordem de R$ 3 milhões, sendo 50% investido pelo Governo do Tocantins, por meio da Sics, e os outros 50%, pelo Sebrae, o objetivo é promover o desenvolvimento socioeconômico e a competitividade sustentável dos destinos turísticos do Tocantins, através de qualificação e melhoria dos produtos e serviços ofertados pelos pequenos negócios do setor, além de promover o marketing do destino, fortalecendo o trade e estimulando o empreendedorismo.

O diretor superintendente do Sebrae-TO, Rerison Antônio Castro, destacou as grandes potencialidades do Estado. 

“O Tocantins tem um grande potencial, um povo batalhador, mas que precisa disso, das oportunidades, de aprender, de trabalhar e se desenvolver. Essa parceria será muito importante para os nossos atrativos turísticos, espero que esse seja o primeiro de muitos passos que nós vamos dar nessa longa e belíssima caminhada”, disse.

Para o presidente do Conselho Empresarial de Turismo (Cetur), Marcelo Perim, a integração entre as pastas é essencial para o desenvolvimento na criação de políticas públicas. 

"É fundamental termos parcerias para desenvolver a atividade turística no Estado, essas capacitações são essenciais para o receptivo. Nosso turismo é relativamente novo, e já estamos avançando quando investimos em qualificação, assim conseguimos ter uma boa apresentação do nosso turismo”, pontuou.

Segundo, Hercy Ayres Filho (Sectur), promover a atividade turística de forma sustentável é primordial para manter o patrimônio natural do Estado.

"Nós temos os maiores atrativos do Brasil e precisamos preservar esses atrativos com um turismo sustentável. A qualificação que estamos propondo é focada nessa sustentabilidade, pois é nosso dever preservar esse patrimônio natural e belíssimo”, comentou o secretário.

Para Carlos Humberto Lima, reunir parceiros estratégicos como o Sebrae, Senac e Cetur é essencial para desenvolver de forma sustentável os pequenos negócios do trade turístico do Estado. 

“O Governo do Tocantins tem a plena percepção, que cabe ao poder público dar o direcionamento em todos os processos e construir políticas públicas, mas são os empreendedores os agentes principais no processo de desenvolvimento socioeconômico, por isso o Governo investe nesse projeto por meio do PICS, com o objetivo de prepará-los para que eles possam alcançar melhores resultados. Estamos convictos de que ao longo de dois anos, conseguiremos fazer uma mudança profunda no trade do nosso turismo”, finalizou o gestor da pasta.

Sobre o PICS

O PICS é uma Política de Estado do Governo do Tocantins, implantada por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços (Sics) que possui transversalidade com entidades públicas e privadas, com foco no desenvolvimento socioeconômico do Tocantins. O programa conta com oito pilares estruturantes para atração de investimentos: infraestrutura empresarial e logística; desenvolvimento empresarial e sistemas produtivos; segurança jurídica e política; inovação e tecnologia; matéria prima; mão de obra qualificada; oferta de crédito e planejamento estratégico.

Com as ações do Pics, o objetivo do Governo é melhorar o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Estado do Tocantins, promover a geração de emprego e renda em todas as regiões econômicas do Estado com o consequente aumento da renda per capita, crescimento do PIB, aumento da arrecadação e a descentralização da atividade econômica em 12 municípios.

 

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Portal O Tocantins Publicidade 1200x90
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento