16/01/2023 às 07h56min - Atualizada em 16/01/2023 às 07h56min

Araguaína continua com a Campanha Janeiro Roxo para reforçar ações de prevenção contra Hanseníase


 
A Prefeitura continua com a Campanha Janeiro Roxo o mês é direcionado à conscientização da Hanseníase, doença crônica causada pela bactéria Mycobacterium lebrae, mas que tem cura e tratamento. No último ano, Araguaína teve uma diminuição em mais de 15% dos casos. Em 2021, foram registrados 98 diagnósticos da hanseníase e no ano passado esse número caiu para 83.
 
Com capacitações para os profissionais da saúde e palestras para os pacientes das UBS (unidades básicas de saúde), a programação da Campanha segue até o dia 27 de janeiro. O último domingo do ano é lembrado como o Dia Nacional da Luta Contra a Hanseníase.
 
Nesta última quinta-feira, 12, a agente comunitária de saúde Lourdes dos Santos estava entre os profissionais presentes na capacitação do Município da equipe que atua no Bairro de Fátima. A servidora trabalha há 23 anos como agente comunitária de saúde e relembra o quanto o seu papel foi fundamental para evitar com que um morador ficasse com sequelas da doença.
 
“Há um ano e meio, tive contato com um idoso que ficava a maior parte do dia sozinho, vi que ele tinha umas manchas nos pés, marquei uma consulta na unidade. A hanseníase estava tão avançada que ele quase perdeu os dedos dos pés. Hoje, esse idoso está com 90 anos e totalmente recuperado”, contou a Lourdes.
 
Equipe alinhada
A coordenadora da UBS Bairro de Fátima explica que as capacitações são importantes para a extensão do trabalho na unidade, pois os agentes atuam também como multiplicadores de informação e contribuem com o Programa Municipal da Hanseníase que é realizado durante todo o ano.
 
“Os agentes estão ligados com a população, de casa em casa e por isso conseguem levar esse conhecimento e trazerem os pacientes que não tiveram acesso ao tratamento oferecido gratuitamente pelo SUS. O quanto antes a hanseníase for tratada melhor porque também interrompe a cadeia de transmissão”, explicou a coordenadora da UBS do Bairro de Fátima, Gabriela Rocha.
 
Sobre a hanseníase
A hanseníase é uma das doenças mais antigas do mundo, com registros de casos há 4.000 anos. Antes conhecida como lepra ou mal de Lázaro é uma doença infecciosa e contagiosa, dentre os sintomas mais comuns estão as manchas na pele com possíveis alterações.
 
“Podem ser esbranquiçadas, avermelhadas ou mais escuras e no início aparecerem de forma difusa, com perda de pelo, diminuição da transpiração, além da diminuição da sensibilidade térmica, tática e dolorosa. Lembrando que a maneira como ela se manifesta varia de acordo com a genética de cada pessoa”, informou a médica Lana Paula Dallpizzol.
 
Tratamento eficaz
Ainda segundo a profissional, o tratamento varia de seis meses a um ano variando de acordo com cada caso. “ O tratamento é via oral constituído pela associação de dois ou três medicamentos e é denominado poliquimioterapia, tem muita eficácia e cura”, completou a médica.
 
Programação Janeiro Roxo
Dia 16 (segunda-feira)
8h- Palestra na UBS José Rezende (Setor Alto Bonito)
Dia 17 (terça-feira)
8h- Palestra na UBS Manoel dos Reis (Jardim das Flores)
8h- Palestra na UBS JK
 
Dia 18 (quarta-feira)
8h – Palestra na UBS Palmeiras do Norte
8h - Palestra na UBS Senador Benedito Ferreira
13h30 – Capacitação na UBS Albeny Soares (Setor Couto Magalhães)
13h30 - Palestra na UBS do Setor Nova Araguaína
 
Dia 19 (quinta-feira)
8h- Palestra na UBS Maria dos Reis (Setor Barros)
8h- Palestra na UBS Manoel Maria (Setor Coimbra
8h- Palestra na UBS Dr. Dantas (Costa Esmeralda)
8h- Palestra UBS César Delgado (Setor Tereza Hilário Ribeiro
 
Dia 20 (sexta-feira)
8h- Palestra UBS Luciane Ponciano (Novo Horizonte)
 
Dia 25 (quarta-feira)
13h30 – Palestra na UBS Albeny Soares (Setor Couto Magalhães)
 
Dia 27 (sexta-feira)
8h- Dia D com palestra, café da manhã e avaliação dos casos suspeitos de hanseníase. (UBS no Bairro de Fátima).


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Portal O Tocantins Publicidade 1200x90
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento