09/01/2023 às 08h30min - Atualizada em 09/01/2023 às 08h30min

TST publica edital de concurso unificado com 300 vagas para todo o país e salário de R$ 32 mil


 

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) publicou o edital unificado com 300 vagas para juiz substituto em todo o país. O salário é de R$ 32.004,65. Encabeçado pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), o certame unificado conta com a adesão de todos os 24 TRTs (Tribunais Regionais do Trabalho).

Podem concorrer a um dos postos profissionais com curso superior em Direito e experiência mínima, após a graduação, de três anos em atividade jurídica.

O edital prevê a reserva de ao menos 5% das vagas a pessoas com deficiência (15 oportunidades) e 20% a candidatos autodeclarados negros (60 ofertas), conforme determina a legislação.

Os TRTs estão espalhados pelas regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul. São Paulo é o único estado que possui dois tribunais: o da 2ª Região, sediado na capital, e o da 15ª Região, em Campinas.

Os demais TRTs têm sede em: Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RS), Salvador (BA), Recife (PE), Fortaleza (CE), Belém (PA), Curitiba (PR), Brasília (DF), Manaus (AM), Florianópolis (SC), João Pessoa (PB), Porto Velho (RO), São Luís (MA), Vitória (ES), Goiânia (GO), Maceió (AL), Aracaju (SE), Natal (RN), Teresina (PI), Cuiabá (MT) e Campo Grande (MS).

INSCRIÇÕES

As inscrições para o processo seletivo começam na próxima segunda-feira (09/01), a partir das 16h, e se encerram em 15 de fevereiro, também às 16h, devendo ser efetuadas pelo site www.conhecimento.fgv.brA taxa de participação custa R$ 320.

O certame é organizado pela Fundação Getulio Vargas (FVG). Em caso de dúvidas, os candidatos podem obter mais informações com a banca pelo telefone 0800-283-4628, além do e-mail concursocsjt23@fgv.br.

ETAPAS

Marcada para 14 de maio, com aplicação nas cidades-sede dos 24 TRTs, a prova objetiva cobrará a resolução de 100 questões de múltipla escolha em, no máximo, cinco horas.

Na sequência, os candidatos realizarão duas provas escritas: uma discursiva e a outra prática de sentença trabalhista, em 15 e 16 de julho, respectivamente. As demais fases incluem:  inscrição definitiva; exames de sanidade física/mental e psicotécnico; sindicância da vida pregressa e investigação social; prova oral e avaliação de títulos.


 

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Portal O Tocantins Publicidade 1200x90
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento