02/11/2022 às 08h32min - Atualizada em 02/11/2022 às 08h32min

Tocantins tem ao menos 16 pontos interditados por protestos contra o resultado das eleições


 
O Tocantins teve ao menos 16 trechos de rodovias interditados na tarde desta terça-feira (1º). Os protestos começaram a ser realizados após o resultado do segundo turno das eleições presidenciais. As polícias afirmam que estão negociaram a liberação das vias. (veja abaixo a situação)

Um dos pontos que permanece interditado fica na principal entrada de Palmas. Pessoas que precisam sair ou entrar na cidade para trabalhar permanecem horas no local e não sabem se conseguirão chegar ao trabalho.

A Justiça Federal e o Supremo Tribunal Federal (STF) determinaram a liberação das estradas. A PM informou que "está se empenhando para desobstruir as vias públicas à medida que os movimentos estão surgindo".

Os atos são organizados por caminhoneiros e apoiadores de Bolsonaro, que não concordam com o resultado das urnas. Em quase todos os manifestantes empilharam e atearam fogo em pneus.

Lista de bloqueios nesta terça (1º), até 20h:

- Palmas: A ponte entre Palmas e Luzimangues, na TO-080, foi totalmente interditada. Este é o principal acesso a capital.
- Luzimangues: O bloqueio ocorre na TO-080 no distrito de Luzimangues, em Porto Nacional, na região central do estado. O bloqueio da pista é total, mas em alguns momentos alguns veículos específicos são liberados.
- Porto Nacional: Interdição foi montada a aproximadamente 200 metros do Portal de Porto Nacional. O fechamento parcial e passam apenas veículos de emergência.
- Combinado e Lavandeira: Trecho da TO-110, está fechado no km 521, próximo a ponte sobre o Rio Palmas, exatamente na divisa entre os municípios de Combinado e Lavandeira.
- Natividade: Trecho da BR-010 bloqueado na manhã desta terça-feira (1º) na altura do km 220, no trevo norte.
- Lagoa da Confusão: Grupo interditou trecho da TO-374, na entrada da cidade. O ato começou por volta de 9h30 desta terça-feira (1º).
- Aliança do Tocantins: Trecho da BR-153, no km 624. Interdição parcial.
- Gurupi: Novo ponto de interdição no km 678 da BR-153. Interdição parcial.
- Araguaína: Manifestantes voltaram a bloquear a BR-153, no km 152, na região norte do TO. Bloqueio é realizado na altura do Parque Industrial Daiara.
- Colinas do Tocantins: BR-153 no km 244. Interdição é parcial.
- Miranorte: BR-153, no km 413. Interdição é parcial na saída para Rio dos Bois.
- Guaraí: BR-153, no km 337. Interdição parcial.
- Cristalândia: ️Bloqueio da TO-225 em Cristalândia, sentido Lagoa da Confusão.
- Campos Lindos: Bloqueio parcial na TO-226, trecho próximo a Campos Lindos.
- Pedro Afonso: Interdição parcial na BR-235, km 166, começou às 18h desta terça-feira (1º).
- Alvorada: BR-153, bloqueio no km 761.
- Araguaçu: bloqueios na TO-373 e TO-181.

Pistas liberadas

- Gurupi - BR-153. Protesto começou segunda (31) em bloqueio total da rodovia. Após negociação, manifestantes liberaram a via. Pista sendo limpa para reestabelecimento do fluxo.
- Paraíso do Tocantins: Novo ponto de interdição surgiu no km 501 da BR-153. Bolsonaristas atearam fogo em pneus. Bombeiros foram chamados ao local. A PRF conseguiu liberar a pista por volta de 11h30.
- Darcinópolis: Trecho da BR-226, no km 39, também tinha sido bloqueado por manifestantes, mas foi liberado pela PRF no fim da manhã.
Aliança do Tocantins: Trecho da BR-153, no km 152, interditado às 9h30. Por volta de 10h15 o fluxo havia sido liberado para veículos de passeio.
- Wanderlândia: BR 153 no km 93. Liberada às 16h50.
- Barrolândia: BR-153, no km 450. Liberada às 20h40.
- Paraíso do Tocantins: BR -153, km 493. Liberada às 20h30

A Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Militar estão monitorando os trechos de bloqueio.

A PRF informou que os trechos de rodovias federais em Paraíso do Tocantins, Gurupi e Araguaína foram liberados após negociação. Segundo a corporação, nos trechos da BR-153 a pista passa por limpeza para reestabelecimento do fluxo. (G1 Tocantins).


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Portal O Tocantins Publicidade 1200x90
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento