02/07/2022 às 08h37min - Atualizada em 02/07/2022 às 08h37min

No sul do estado moradores fazem denúncia e cobram providência após entrada de cidade virar lixão


 
Sem um local adequado para armazenamento de resíduos, na entrada do município de Peixe, região sul do Tocantins, está se formando um lixão a céu aberto. O problema ocorre há pelo menos um ano na Avenida Pedro Ludovico e moradores reclamam da falta de coleta.

Após denúncia anônima, o Ministério Público Estadual (MPE) recomendou à Prefeitura de Peixe, nesta quinta-feira (30), que tome providências e instale no local lixeiras ou contêineres para armazenamento do lixo. A gestão tem dez dias para apresentar as informações.

Assinada pelo promotor Mateus Reis, o órgão ainda instaurou procedimento para investigar se ocorre de forma frequente o recolhimento de lixo na cidade. A promotoria solicitou informações sobre como está sendo realizada e em qual a periodicidade ocorre a coleta na zona rural e urbana do município.

Segundo a recomendação, o lixo dispensado sem o devido tratamento pode causar 'riscos ao meio ambiente e a saúde pública, bem como imenso prejuízo ao turismo local'. A denúncia ainda cita que a Prefeitura e a Secretaria de Meio Ambiente estão cientes da situação, mas não tomam providências.
(G1 Tocantins).

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento