21/04/2022 às 08h37min - Atualizada em 21/04/2022 às 08h37min

Governo segue com pacote de bondades em ano eleitoral e promove mais de 1 mil bombeiros e PMs


Foto: Divulgação
 
O governo do estado promoveu 276 bombeiros e 737 policiais militares nesta quarta-feira (20). Essa é a segunda leva de promoções assinadas em menos de um mês. No fim de abril tinham sido beneficiados mais de 400 militares, entre bombeiros e PMs. As promoções implicam diretamente em aumentos salariais e de gastos públicos com pessoal.
 
Nas últimas semanas o governo tem promovido um verdadeiro pacote de bondades para os servidores estaduais. Foram dois reajustes salariais, aumento específico para professores, promoções e pagamento de retroativos. Tudo concedido em ano eleitoral.
 
O novo ato de promoção dos bombeiros foi assinado durante a manhã na cerimônia de formatura de 45 militares que fizeram o curso de Curso de Habilitação de Oficiais da Administração. Também houve a entrega de 46 medalhas de Mérito Bombeiro Pioneiro. O evento foi na sede do Comando-Geral do Corpo de Bombeiros Militar, em Palmas.
 
Os 737 oficiais e praças da PM foram promovidos durante uma cerimônia no Quartel do Comando Geral, em Palmas. Além das promoções, a solenidade foi marcada pela formatura de 90 militares no Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos e no curso de Aperfeiçoamento de Praças.
 
Outros aumentos
 
- No fim de março o governo deu 6% de aumento para os servidores públicos. O percentual é referente à data base de 2020 e 2021 que não foram implementadas devido à lei federal que proibiu reajustes durante a pandemia.

- Ainda em março o governo promoveu 418 PMs e bombeiros para novas patentes. As promoções implicam diretamente em aumentos salariais e de gastos públicos com pessoal.

- No início de abril o governador Wanderlei Barbosa deu um aumento de salário variando de 5% a 27,6% para os servidores públicos estaduais. O reajuste é referente às progressões remanescentes de 2015 e 2016 e mais as implementações das progressões de 2017, 2018, 2019 e 2020, variando conforme o plano de cargos e carreiras de cada servidor.

- Outro aumento anunciado em abril foi para os professores da rede estadual com licenciatura ou magistério, que passam a receber vencimentos pareados ao piso salarial nacional. Com a atualização, os professores normalistas (efetivos com magistério) que recebiam R$2.886, passaram a ganhar R$3.845, 63. Os profissionais de nível superior, que recebiam R$ 3.582, valor abaixo do piso atual, e passaram a ganhar R$3.999,60.

Ano de eleição

Wanerlei Barbosa assumiu o governo definidamente há pouco mais de um mês, após Mauro Carlesse (PSL) renunciar ao cargo em meio a um processo de impeachment. Ele já manifestou o interesse de concorrer à reeleição.
 
Segundo a legislação eleitoral, em ano de eleições os servidores públicos não podem receber reajuste salarial nos seis meses que antecedem o dia da votação. O objetivo da vedação é garantir o equilíbrio da disputa. A exceção à regra é a recomposição das perdas pela inflação. (G1 Tocantins).

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento