12/04/2022 às 08h32min - Atualizada em 12/04/2022 às 08h32min

Araguaína entra no cenário nacional com prova do Campeonato Tocantinense de Ciclismo de Estrada


Foto: Divulgação
 
Mais de 150 atletas de vários estados disputaram, nesse domingo, 10, o 4º Aramorro de Bike. Esta foi a primeira vez em que Araguaína recebeu uma etapa do Campeonato Tocantinense de Ciclismo de Estrada, que dá acesso à seleção estadual que disputará as competições do Norte, Nordeste e Nacional. O evento realizado é uma realização da UCAA (União Ciclística de Amigos de Araguaína) e tem parceria da Prefeitura na estrutura para acomodação e segurança dos participantes.
 
Para o secretário municipal de Esporte, Cultura e Lazer, Zeca de Oliveira, a oficialização da competição traz melhorias para toda a comunidade. “Promove o esporte e gera renda em vários níveis, desde os hotéis, restaurantes até as empresas especializadas nesta atividade esportiva, além de ser um incentivo a todos para uma melhor qualidade de vida, principalmente aos jovens”.
 
Esse crescimento já é sentido por quem acompanha o surgimento de novos atletas. O presidente da UCAA, Edilson Ribeiro Araújo, contou que Araguaína tem se destacado nos últimos anos. “Hoje, eu desconheço outra cidade que cresceu tanto em número de ciclistas. Muito fruto da promoção de eventos, competições e ações sociais em grupo e o trabalho junto aos iniciantes para dar apoio nas primeiras pedaladas”.
 
O gerente de uma das lojas do segmento em Araguaína, Elizeu Sousa, 22 anos, explicou que a região é ideal para o turismo de natureza. “O mercado está bem aquecido com o surgimento do ciclotour, nas trilhas e estradas de terra. O aproveitamento urbano também é bom, com ruas bem pavimentadas que favorecem o investimento do comércio, por isso é importante casar o investimento público e privado”.
 
Prova em casa
 
O percurso foi na rodovia TO-22, entre Araguaína e Aragominas, conhecida como Pé do Morro. A ida e volta somaram 76 km. Para as categorias masculino e feminino mamute acima dos 90 kg, júnior, juvenil e mountain bike, o percurso foi um pouco menor, de 60 km, indo até o paredão e voltando.
 
A araguainense Jorleane da Cunha, 36 anos, chegou em 3º na prova e está em 2º na colocação geral. “Foi muito bom, a gente ditou o ritmo da prova, por conhecer o percurso, que é muito difícil, com mais de 1 km de elevação. Chegamos juntas, roda a roda, foi questão mesmo de detalhe, mas gostei do resultado”, afirmou.
 
O estudante de Porto Nacional Otávio Querioz de Souza, 16 anos, é o atual campeão brasileiro da categoria Cross Country Olímpico (XCO) e ficou em 3º lugar na categoria elite masculino. Disputando desta vez na categoria speed, ele explicou que a pista é ideal para ele. “Tem muito morro e é bom pra mim, porque eu sou escalador”.
 
Esporte com qualidade de vida
 
A prova reuniu diferentes competidores, de várias idades e conquistas diferentes. O empresário Primo Marchezan, 49 anos, trocou 30 anos de treino de fisiculturismo pela bicicleta há cinco anos. “É um prazer muito maior. Acordar de madrugada, fazer um treino de 3 a 4 horas. Antes de competir com outros é uma competição com si mesmo”
 
Já a palmense Jordana Rodrigues, 27 anos, começou a pedalar em meio à pandemia. “A estética principalmente. A bicicleta gasta muita energia. Comecei a pedalar com o fechamento das academias e não parei mais”.
 
Segurança na estrada
 
A ASTT (Agência de Segurança, Transporte e Trânsito) e a GMA (Guarda Municipal de Araguaína) fizeram a segurança do perímetro urbano, que vai até o Distrito Novo Horizonte, e o BPMRED (Batalhão de Polícia Militar Rodoviário e Divisas) do restante do trecho até Aragominas. O evento teve ainda o apoio de saúde do Corpo de Bombeiros com uma ambulância de prontidão.
 
Classificação dos federados
 
Elite Feminino                       
1º Alessandra Póvoa (Palmas)
2º Jordana Rodrigues (Taquarussu)
3º Jorleane Lima da Cunha (Araguaína)
4º Suzane Falcao Nascimento (Formoso do Araguaia)
5º Ana Karoline Silva Carvalho (Araguaína)
 
Elite Masculino
1º Maicon Douglas Pereira Dias (Palmas)
2º Vitor Firmino Branco (Tocantins)
3º Otávio Queiroz de Souza (Porto Nacional)
4º João Paulo (Gurupi)
5º Evandro Amaral (Palmas)
 
Elite Júnior
1º Deyvid Rodrigues de Souza e Silva (Porto Nacional)
 
Juvenil
1º Josué Teixeira Feitosa Júnior (Gurupi)
2º Joas Menezes Barbosa dos Reis (Porto Nacional)
3º Felipe Brito Pereira (Palmas)
4º João Victor Silva Carvalho (Araguaína)
 
Mamute
1º Humberto Rodrigues Castroviejo (Araguaína)
2º Geovan Araújo (Palmas)
3º Everton Meireles Coutinho (Palmas)
4º Jean Lucas Alves de Araújo (Porto Nacional)
 
Master A
1º Fabricio Barcelos Jacinto (Tocantins)
2º Pablo Rafael Brito Monteiro (Tocantins)
3º Vinicius Pires de Oliveira (Gurupi)
4º Robson Viana Acácio (Formoso)
5º Fabio Ferreira Tosta (Miranorte)
 
Master B
1º Glauber Nunes Ferreira Barbosa (Gurupi)
2º Junio Cesar Souza Vieira (Palmas)
3º Guilherme Aires Loureiro (Palmas)
4º Fabrícius Lopes da Silva (Gurupi)
5º Sebastião Branco de Oliveira Junior (Palmas)
 
Master C
1º Vanderlei Pereira (São Paulo)
2º Pedro Clarentino de Sousa (Araguaína)
3º Belmiro Gomes Neto (Palmas)
4º Euvaldo Carvalho (Palmas)
5º Antônio Rodrigues de Souza (Paraíso)
 
Master Feminino
1º Ana Paula Marques Santana Alcantara (Araguaína)
2º Leidiane Santos (Palmas) (Prefeitura de Araguaína).

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento