11/04/2022 às 08h10min - Atualizada em 11/04/2022 às 08h10min

Uso de máscaras deixa de ser obrigatório em quase 40 cidades do Tocantins


Foto: Divulgação
 
Em quase 40 cidades do Tocantins o uso da máscara deixou de ser obrigatório. As pessoas têm ganhado mais confiança em deixar a proteção, mesmo que de forma gradativa. Isso vem acontecendo por causa do baixo número de casos de Covid-19 que o estado vem registrando nas últimas semanas.
 
O item passou a ser facultativo em todo estado deste o fim de março, após decreto do governo estadual, mas os municípios têm autonomia para manter uso.
 
Segundo o Conselho de Secretárias Municipais de Saúde (Cosems), apenas 15 cidades registraram casos ativos no estado nesta sexta-feira (8). Para os especialistas, a vacinação, sem dúvida, é a principal causa dessa diminuição.
 
“Desde o início da vacinação contra Covid, vários municípios adotaram estratégias para vacinar, continuam oferecendo a dose para a população. O conselho está sempre conjunto, fazendo reuniões para trabalhar nessa parte de ampliar cada vez mais a vacinação contra Covid-19”, comentou a secretária de Saúde de Araguaína, Ana Paula Abadia, que também é diretora adjunta de comunicação do Cosems.

De acordo com o levantamento do Consems, até o final dessa sexta feira, pelo menos 37 cidades retiraram a obrigatoriedade do uso da máscara. Nesses locais o item passou a ser facultativo, sendo obrigado apenas em alguns locais específicos como ambientes de saúde, por exemplo.
 
Municípios da região norte
 
Aguiarnópolis
Aragominas
Araguaína
Araguanã
Arapoema
Babaçulândia
Bandeirantes do Tocantins
Barra do Ouro
Bom Jesus do Tocantins
Colmeia
Colinas do Tocantins
Couto Magalhães
Goiatins
Guaraí
Itacajá
Pedro Afonso
Pequizeiro
Riachinho
Santa Fé do Araguaia
Santa Tereza do Tocantins
Tocantinópolis
Tupirama

Cidades das regiões centro e oeste:
 
Abreulândia
Cristalândia
Divinópolis
Dois irmãos
Ipueiras
Miracema
Monte do Carmo
Palmas
Paraíso do Tocantins
Pindorama do Tocantins
Porto nacional

Municípios da região sul
 
Dianópolis
Gurupi
Lagoa da Confusão
Peixe

E em Araguanã, são 57 dias sem nenhum caso positivo da doença. "Pedimos à população que continue usando álcool, continue usando máscara e principalmente vacine-se, pois é o único meio de continuarmos com nosso comércio aberto e tudo funcionando na nossa cidade", disse o secretário de saúde de Araguanã, Lucas Gomes.
 
A médica Raquel Stucchi alerta que ainda não é hora de baixar a guarda. "O vírus ainda não foi embora. Então é importante que as pessoas, mesmo completamente vacinadas, pois sabemos que algumas respondem mal à vacina, continuem usando máscaras, principalmente nos locais de maior risco de transmissão". (G1 Tocantins).



 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento