06/04/2022 às 08h15min - Atualizada em 06/04/2022 às 08h15min

Motoristas esperam melhorias no trecho de rodovia que será federalizado no Tocantins


Créditos: G1 Tocantins
 
Motoristas que trafegam pela TO-050, entre Silvanópolis e Palmas, estão ansiosos pela federalização do trecho e querem ver as melhorias que a mudança poderá trazer. É que a rodovia é uma rota importante no escoamento da produção agrícola e quem passa pelo local sofre com a situação da pista. Parte do trecho está precário. (Veja o vídeo)
 
Conforme a lei estadual sancionada nesta semana, o trecho repassado à União tem mais de 100 km e passará a integrar a BR-010.
 
O caminhoneiro Janderson Meneses conhece bem o trecho e reclama das condições da via. "Ela está precária. Muito difícil. Quando começa a chover fica só buraco e ai começam a remendar. Quando acaba a chuva fica pior do que estava", disse.
 
Com a mudança as obras de manutenção e restauração do asfalto, atualmente feita pelo governo estadual, ficarão a cargo do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit).
 
A federalização do trecho havia recebido aprovação do Dnit ainda em janeiro de 2020, quando uma portaria foi assinada pelo Ministério da Infraestrutura. Um fator importante dessa transferência de jurisdição é que a capital será interligada por uma rodovia federal, com a possibilidade de um asfalto de melhor qualidade que o atual.
 
"Ainda é um icognita se haverão investimentos imediatos na melhoria da pista. É isso que se espera com a federalização. Mas não se sabe exatamente quando e como isso acontecerá. O governo federal tem mais recursos e, a partir disso, tem condição de prover uma melhor condição de asfalto", explicou o advogado constitucional Célio Henrique Magalhães.
 
O trajeto que está sendo federalizado é composto por um total de 101,6 km, saindo de Silvanópolis até a rotatória do Ginásio Ayrton Senna, na região sul de Palmas. Neste ponto a BR vai se integrar ao outro trecho da BR-010, seguindo até o entroncamento de Aparecida do Rio Negro.
 
A lei estadual também estabelece outros cinco trechos que poderão ser repassados à União. São eles:
 
TO-336, trecho da divisa TO/PA ao entroncamento da TO-335 em Couto Magalhães
TO-335, trecho do entroncamento da TO-164 ao entroncamento com a Br-153 em Colinas do Tocantins
TO-164, trecho do entroncamento da TO-335 ao entroncamento da TO-335
TO-010, trecho do entroncamento da TO-335 ao entroncamento da TO-130
TO-130 - trecho do entroncamento da TO-010 em Barra do Ouro ao entroncamento da TO-425 no perímetro urbano de Morro Grande

Assim como o caminhoneiro Janderson Meneses, motoristas que trafegam nos trechos querem ver mudanças e melhores condições de tráfego. "Só ter o nome no papel que é federal e não arrumar não vai adiantar nada, né? Tem que arrumar", disse. (G1 Tocantins).

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento