05/04/2022 às 08h19min - Atualizada em 05/04/2022 às 08h19min

Censo Escolar 2022: Inep divulga cronograma do recenseamento nacional


Foto: Divulgação
 
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou, no dia 29 de março, o cronograma do Censo Escolar 2022 no Diário Oficial da União (DOU). No Tocantins, o levantamento estatístico é coordenado pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e a primeira coleta de dados será a matrícula inicial, que tem previsão para começar no dia 25 de maio.
 
Os procedimentos devem ser realizados pelos gestores de todas as unidades escolares públicas e privadas, por meio do Sistema Educacenso, até 1° de agosto.
 
O cronograma é dividido em duas etapas: matrícula inicial e situação do aluno. Na primeira, o Inep apura informações sobre os estabelecimentos de ensino, turmas, alunos, gestores e profissionais escolares em sala de aula. A segunda etapa ocorre com o preenchimento de informações sobre a situação do aluno, e considera os dados sobre o movimento e o rendimento escolar dos alunos, ao final do ano letivo.
 
Para o gerente de Estatística e Informações Educacionais da Seduc, Raimundo Melo, que coordena o Censo no Tocantins, os dados obtidos pela pesquisa servem de base para o repasse de recursos, além de permitir que as políticas públicas para a educação básica sejam acompanhadas com efetividade.
 
Raimundo Melo destaca que o recenseamento é obrigatório para todas as unidades escolares e redes de ensino. “É importante que todos os envolvidos no preenchimento declarem corretamente os dados nos prazos estabelecidos e que as informações acerca dos alunos, dos profissionais e sobre a escola sejam fidedignas. Esse monitoramento da educação brasileira é extremamente relevante para a elaboração das políticas e projetos educacionais”, enfatizou.
 
Censo Escolar 2022
 
O Censo Escolar é o principal mecanismo de coleta de informações e a pesquisa estatística de maior relevância para a área educacional, traçando o panorama da educação básica no país. O levantamento abrange as diferentes etapas e as modalidades da educação básica.
 
Na etapa final da pesquisa, prevista para a segunda quinzena de dezembro, o Instituto levantará informações relativas ao rendimento dos estudantes, aprovação, movimento e frequência.
 
Essa compreensão é proporcionada por meio de um conjunto amplo de indicadores que possibilitam monitorar o desenvolvimento da educação brasileira, como o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (ldeb), as taxas de rendimento e de fluxo escolar, a distorção idade-série, entre outros. Todos eles são calculados com base nos dados do Censo Escolar e servem de referência para as metas do Plano Nacional da Educação (PNE). (Governo do Tocantins).

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento