22/02/2022 às 12h11min - Atualizada em 22/02/2022 às 12h11min

Unidades hospitalares do Tocantins realizam mais de 300 cirurgias eletivas em 15 dias


Foto: Divulgação
 
Com grande mobilização das equipes das Unidades Hospitalares e apoio da gestão da Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO), pacientes de todo o Estado estão sendo submetidos às cirurgias eletivas que necessitam. Apenas na primeira quinzena de fevereiro, foram realizados 359 procedimentos eletivos. Pacientes das filas represadas durante a pandemia agora estão sendo atendidos de norte a sul. No total, já foram realizadas 2.047 cirurgias desde o retorno em outubro de 2021.

Neste fim de semana, 14 pacientes foram submetidos a cirurgias no Hospital Regional de Paraíso, procedimentos de laqueaduras tubárias e cirurgias gerais. A unidade, durante o mês, também realizou procedimentos de hernioplastia inguinal unilateral, hemorroidectomia, histerectomia, colecistectomia, perineoplastia, além de manter a programação de cirurgias de otorrinolaringologia.

A diretora-geral do Hospital Regional de Paraíso, Leiliane Alves, reforça o empenho da equipe que já realizou 42 procedimentos neste mês. “Estamos em busca de cumprir nossa meta e nossos fins de semana são produtivos. Nossa equipe está empenhada, com programação e gerenciamento dos nossos recursos humanos, materiais e medicamentos estamos obtendo resultados. Esforço de toda uma equipe que garante a oferta e a efetividade da realização desses procedimentos”, informou.

Outras unidades também se destacaram como o Hospital Geral de Palmas com 97 procedimentos realizados, Hospital Regional de Guaraí (52), Hospital de Referência de Alvorada (32), Hospital Regional de Araguaína (29) e Hospital Regional de Miracema (21).

Opera Tocantins

Os procedimentos cirúrgicos eletivos estão sendo realizados dentro da rotina das Unidades Hospitalares e com o incentivo da Estratégia Opera Tocantins. Esse upgrade foi fortalecido após a liberação - por parte do governador Wanderlei Barbosa - de R $3 milhões que estão sendo utilizados, principalmente, para o pagamento da premiação - PAGH Cirúrgico -  aos profissionais responsáveis por cada procedimento. 

A estratégia do Opera Tocantins foi criada pela Lei n° 3.369/2018, que dá direito ao PAGH Cirúrgico, conferindo aos profissionais contemplados na referida norma. Os profissionais contemplados devem atuar na realização do procedimento cirúrgico eletivo em horários que não coincidam com o cumprimento de sua jornada ordinária ou extraordinária. As ações podem ocorrer aos sábados, domingos, feriados, dias de ponto facultativo e durante a semana, inclusive em período noturno e madrugada.
(Governo do Tocantins).

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento