28/01/2022 às 13h13min - Atualizada em 28/01/2022 às 13h13min

Mais de 3 mil segurados do Igeprev não fizeram a Prova de Vida 2021 e podem ter seus benefícios suspensos


Foto: Divulgação
 
Mais de 3 mil aposentados e pensionistas do Instituto de Gestão Previdenciária do Estado (Igeprev-TO), que não realizaram a Prova de Vida 2021, entre os meses de novembro e dezembro, podem ter seus benefícios suspensos a partir do pagamento de março referente à folha do mês anterior. A lista com os nomes vai ser publicada por meio de Portaria, no Diário Oficial do Estado (DOE), no início de fevereiro. O Igeprev possui mais de 17 mil segurados e beneficiários.

A Portaria dispõe sobre a suspensão do pagamento dos beneficiários que não realizaram a Prova de Vida de 2021 e prevê que o pagamento suspenso será restabelecido após a efetivação da Prova de Vida, respeitando o cronograma de fechamento da folha de pagamento de benefícios do Instituto.

“É importante ressaltar que o Igeprev, por meio de uma equipe da Diretoria de Previdência, está ligando para cada segurado ou beneficiário, que não realizou a Prova de Vida 2021, para que esse aposentado ou pensionista regularize com urgência a sua situação no Instituto,” explica Rayane Charla, servidora da Diretoria Previdenciária do Igeprev. 

A Prova de Vida tem como objetivo provar a existência física de aposentados e pensionistas do Instituto, com a finalidade de garantir os direitos previdenciários de cada segurado e a manutenção do benefício. 

A Prova de Vida ainda pode ser realizada exclusivamente de forma digital, pelo Aplicativo Meu RPPS. Para baixar o APP, basta acessar a loja virtual do seu dispositivo móvel, Android ou IOS e digitar MEU RPPS. Ao baixar o aplicativo, basta escolher o Estado do Tocantins, na cidade de Palmas, em seguida clicar em Igeprev e se cadastrar. Lembrando que os beneficiários não precisam comparecer até a sede do Instituto, podendo realizar o processo de qualquer local, a partir de um celular ou dispositivo móvel conectado à internet.

Para os beneficiários que moram no exterior, é necessário entrar em contato com o Igeprev, em dias úteis, pelo número (63) 99225-9117, das 8 às 13 horas, horário de Brasília. 

Devem fazer a Prova de Vida todos os servidores públicos inativos e pensionistas vinculados ao Regime Próprio de Previdência Social do Estado do Tocantins (RPPS), dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, bem como do Ministério Público, do Tribunal de Contas, da Defensoria Pública, Militares Reformados ou da Reserva Remunerada, Cartorários e Pensionistas, que foram concedidos os benefícios até 2021. 

“A Prova de Vida é um procedimento de caráter obrigatório para todos os segurados e beneficiários do Instituto, que recebem o benefício. Todos precisam comprovar que estão vivos e, portanto, que podem continuar recebendo os proventos. A comprovação serve também para identificar os segurados e se estes se mantêm vivos, de um ano para o outro; além de garantir a continuidade do benefício, sem interrupções, com intuito de evitar fraudes e pagamentos indevidos,” destaca o presidente do Igeprev, Sharlles Fernando Bezerra Lima.
(Governo do Tocantins).



 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento