19/01/2022 às 08h14min - Atualizada em 19/01/2022 às 08h14min

Com alta nos índices de contaminados governo do Tocantins inicia ampliação de leitos covid-19


Foto: Divulgação
 
Tocantins segue a tendência nacional de alta nos índices de contaminados da covid-19, nos últimos sete dias, a média móvel do Estado está em 571 casos diários, o que pode representar um aumento da necessidade de leitos exclusivos. Para sanar essa necessidade, a Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) já disponibilizou mais 25 leitos exclusivos para tratamento da doença, sendo cinco leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Gurupi, no Hospital Regional; 15 leitos (cinco UTI e dez clínicos) em Araguaína, no Hospital Dom Orione; e mais cinco leitos clínicos no Hospital Regional de Miracema do Tocantins.

O secretário de Estado da Saúde, Afonso Piva, ressalta que gradativamente estão sendo ofertados mais leitos. “na medida em que há a necessidade, a Gestão Estadual está colocando em operação novos leitos. Estamos preparados para uma nova onda, hoje, temos à disposição da população 230 leitos. Destes, 92 UTIs com ocupação de 72% e 138 leitos clínicos com índice de 47% de internados”, e complementa, “no Tocantins, não há fila de espera para este tipo de atendimento, nossa internação geral gira em torno de 57% de ocupação”.

Afonso Piva relata que, por determinação do governador em exercício do Tocantins, Wanderlei Barbosa, a Secretaria da Saúde está atenta a todas as regiões do Estado, “onde houver a necessidade, vamos abrir novos leitos. Estamos trabalhando em todas as frentes, para que não haja a necessidade de paralisação dos serviços de saúde, principalmente das cirurgias eletivas”.

Dados

Dados do sistema Íntegra Saúde demonstram que há um aumento de casos, a média móvel do Tocantins está em 571 casos diários, com prevalência de casos leves a moderados.

Em contrapartida, os índices de óbitos estão estabilizados, com tendência de queda. Do dia 1° de janeiro até o dia 16, foram registrados oito óbitos, com 11 dias sem registro de mortes no Tocantins. Neste mesmo período, foram confirmados 7.015 casos da doença, “o resultado positivo é atribuído à vacinação da população, que está evitando o agravamento dos casos e óbitos, consequentemente a necessidade de aparatos hospitalares para internações”, celebra o secretário.
(Governo do Tocantins).

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento