04/08/2021 às 08h29min - Atualizada em 04/08/2021 às 08h29min

Em Augustinópolis o Conselho de Educação autoriza funcionamento do curso de medicina no campus da Unitins


Foto: Divulgação
 
O campus da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), em Augustinópolis, norte do estado, deve receber em breve os primeiros 40 alunos do curso de medicina. É que o Conselho de Educação do Tocantins autorizou o funcionamento do curso na cidade. O documento foi publicado no Diário Oficial desta terça-feira (3).

No parecer, os conselheiros argumentam que Augustinópolis é a terceira maior cidade na microrregião do Bico do Papagaio e referência em serviços de saúde pública e privada. Dizem ainda que a iniciativa será importante para o desenvolvimento da região, pois será o primeiro curso de medicina no Bico do Papagaio, sendo que as instituições mais próximas ficam no Maranhão.

O texto apresenta os objetivos do curso, a organização curricular, informações sobre o corpo de professores e acerca da avaliação de aprendizagem.

Os membros do conselho foram até o campus, no mês de junho, para verificar se o local tem estrutura para receber o curso.

Após a análise de documentos, verificação da estrutura física, reuniões com equipe pedagógica, servidores administrativos e gestores da instituição de ensino, a comissão chegou aos seguintes conceitos:

- Organização Didático Pedagógica - conceito: 3,87
- Corpo Docente e Tutorial - conceito: 4,0
- Infraestrutura - conceito: 4,08
- Conceito Final - 3,983 - arredondado para 4,0

Ao final, o relator foi favorável à autorização para o funcionamento do curso em Augustinópolis. O voto foi acompanhado pelo plenário do conselho.

No entanto, a equipe ressaltou algumas questões que precisam ser consideradas pela instituição de ensino: disponibilização de equipamentos e laboratório de informática em quantidade suficiente para atender a demanda; ampliação e atualização dos livros; ampliação do espaço da biblioteca com cabines para estudos individuais e coletivos e disponibilização de laboratório com peças úmidas e cadáveres ou comprovação de convênio, cooperação ou parceria.

O anúncio de que a Unitins ganharia um curso de medicina foi feito pelo governo no ano passado. Em maio deste ano, a universidade abriu inscrições para selecionar os professores que vão atuar na graduação. Foram oferecidas 14 vagas com salários que variam entre R$ R$ 2.412,00 e R$ 7.039,80, dependendo da carga horária e da especialização do candidato. O resultado final foi divulgado no mês de julho.

A Unitins já atua na área da saúde com o curso de graduação em Enfermagem ofertado no Câmpus Augustinópolis. O projeto prevê o compartilhamento e ampliação da estrutura laboratorial e de parte do corpo docente entre o curso de Enfermagem e Medicina, considerando que são áreas afins, como estratégia de melhor aproveitamento dos recursos que serão empregados.

Para a implantação do curso, a Unitins já dispõe de R$ 2,5 milhões via emendas parlamentares destinadas pelos deputados estaduais: Eduardo Siqueira Campos, Fabion Gomes, Amélio Cayres, Jair Farias e Ricardo Ayres, sendo que cada um encaminhou R$ 500 mil para viabilizar a estruturação do curso e do campus.
(G1 Tocantins).

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento