09/07/2021 às 07h50min - Atualizada em 09/07/2021 às 07h50min

Araguaína investirá R$ 4,7 milhões na modernização da estrutura da saúde para os moradores


Foto: Divulgação
 
A Prefeitura de Araguaína anunciou o investimento de R$ 4,7 milhões para a ampliação e modernização do atendimento público de saúde oferecido pelo Município. O recurso foi garantido por meio de emendas parlamentares direcionadas pelo deputado federal Tiago Dimas e será utilizado na compra de equipamentos hospitalares, transporte para pacientes em tratamento e ambulância.
 
De acordo com a secretária da Saúde de Araguaína, Ana Paula Abadia, o investimento possibilitará a realização de mais cirurgias de alta complexidade e a eliminação de locação de equipamentos, hoje necessários para o atendimento à população no HMA (Hospital Municipal de Araguaína).
 
“Atualmente o nosso Hospital Municipal precisa substituir alguns equipamentos que já estão obsoletos, como também ampliar e modernizar o parque tecnológico da unidade com a aquisição de arco cirúrgico, torre de vídeo, endoscópio, equipamentos laboratoriais, ultrassom portátil, entre outros. Dessa forma, será possível expandir mais a capacidade do centro cirúrgico e realizar mais cirurgias de alta complexidade”, explicou a secretária.
 
Além da compra e eliminação da locação de alguns equipamentos, o Município também irá adquirir uma ambulância para o Hospital Municipal e dois veículos destinados ao transporte de pacientes, auxiliando no atendimento das pessoas que realizam o tratamento de hemodiálise em outras unidades.
 
UPA e SAMU

A UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Araguaína e o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) também serão beneficiados com o recurso. Para a UPA serão adquiridos equipamentos hospitalares, mobiliários e equipamentos de informática, já para o SAMU de Araguaína a Secretaria da Saúde irá adquirir novos equipamentos para as ambulâncias utilizadas nos atendimentos de emergência da cidade.
 
Hospital Municipal

Atualmente, o Hospital Municipal de Araguaína é referência na região norte do Brasil na realização de cirurgias cardíacas pediátricas, sendo o terceiro a implantar o serviço em toda a região. Até então crianças que necessitavam de uma cirurgia cardíaca eram transferidas para hospitais de estados como Goiás e Minas Gerais. A unidade é administrada pelo Instituto de Saúde e Cidadania (ISAC) e conta com 61 leitos clínicos e 10 leitos de UTI Pediátrica.
(Prefeitura de Araguaína).

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento