07/05/2021 às 07h53min - Atualizada em 07/05/2021 às 07h53min

Governo do Tocantins realiza entrega de kits de alimentos a pessoas em situação de vulnerabilidade


Foto: Divulgação
 
Uma das consequências da Pandemia da Covid-19 está sendo a pobreza e consequentemente a fome, e com o propósito de diminuir essa mazela, o Governo do Tocantins, por meio da Diretoria de Direitos Humanos da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) e da Gerência da Central de Penas e Medidas Alternativas (Cepema), retomou, nesta semana, de 3 a 7 de abril, a ação de entregas de kits de alimentos. O trabalho atende pessoas carentes, mulheres em situação de vulnerabilidade e familiares de pessoas privadas de liberdade em dez municípios, até esta sexta-feira, 7.

O secretário de Estado da Cidadania e Justiça, Heber Fidelis, explica que este trabalho tem sido desenvolvido em rede, por meio de parceria com a Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas). “O governador Mauro Carlesse determinou que tenhamos como objetivo o atendimento de famílias vulneráveis e impactadas pela Covid-19. Para isso, é fundamental a realização de ações integradas, como essa com a Setas, que facilita a entrega de alimentos a quem mais precisa neste momento”, afirmou.

Para a diretora de Direitos Humanos da Seciju, Sabrina Ribeiro, o intuito da ação é amenizar os impactos negativos aos grupos mais vulneráveis durante a pandemia. “Estamos cumprindo uma demanda do Governo do Estado, a fim de tentar diminuir a fome que se agravou em função da Covid-19. Em Palmas, entregamos cerca de 100 kits, e para o interior, levaremos mais 600. A Diretoria de Direitos Humanos tem se empenhado para proporcionar uma entrega efetiva desses alimentos”, pontuou.

Durante a entrega dos kits de alimentos na cidade de Araguaína, a gerente de Políticas de Alternativas Penais da Seciju, Bárbara Vieira de Sousa Pinheiro, explicou que a entrega já estava ocorrrendo na Central de Penas e Medidas Alternativas (Cepema). "Era um desejo nosso conseguir alcançar a Cepema de Araguaína, uma vez que é a maior do Estado em número de pessoas em cumprimento de penas alternativas, regime aberto e semiaberto”, falou.

Mãe de custodiado, D.C.S., que vive em Miracema do Tocantins, primeiro município a receber a equipe com os alimentos, foi atendida com a doação. “Agradeço muito, porque eu estou passando por um momento muito complicado. Eu moro com nove pessoas e esse alimento vai me ajudar”, agradeceu.

Roteiro das entregas

O trabalho de entrega das cestas pelas equipes do Governo do Tocantins segue o cronograma que teve início na segunda-feira, 3: Miracema do Tocantins, com 30 kits; Palmas, 104 kits; Lajeado, com cinco kits; Guaraí, 100 kits; Colmeia, 10 kits; Colinas do Tocantins, 90 kits; Araguaína, 194 kits; Araguatins, 47 kits; Augustinópolis, 70 kits; e encerrando nesta sexta-feira, 7, em Tocantinópolis, com 50 kits.
(Governo do Tocantins).

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento