19/03/2021 às 10h02min - Atualizada em 19/03/2021 às 10h02min

Deputado pode ter dado tiro no pé ao dizer que evangélicos espalham fake news


Créditos: Migalhas


Artigo de opinião: Alberto Rocha - jornalista
 
Em algumas situações, o silêncio vale outro; também, é a arma do sábio e o tropeço do tolo.

A polêmica envolvendo o deputado estadual tocantinense, Zé Roberto ( PT),  que atribuiu a  uma parte dos evangélicos  a vergonhosa atitude de espalhar notícias falsas  de ações políticas em favor do presidente da República, Jair Bolsonaro, pode  ter sido  um tiro no pé do parlamentar, especialmente para as próximas eleições, que acontecem no ano que vem.  

Zé Roberto,  que deve ter votos do segmento evangélico, pode ter jogado tudo fora com a infeliz declaração sobre os evangélicos, que costumam se unir em momentos de ataques ou perseguição. É aquele caso: “mexeu com um, mexeu com todos”.

A reação  do meio evangélico veio mais rápido do que os quatro cavaleiros  narrados no livro do  Apocalipse. Várias Lideranças evangélicas repudiaram com veemência a atitude de Zé Roberto.  

Pelo sim, pelo não, Zé Roberto perdeu a chance de ficar calado, pois, a mesma voz firme do deputado que diz, sem provas,  que os evangélicos espalham Fake News, é a mesma voz que diz que o ex-presidente Lula é inocente.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento