11/03/2021 às 07h49min - Atualizada em 11/03/2021 às 07h49min

IBGE diz que Tocantins fechou o ano de 2020 com taxa média de desemprego em 11,6%


Foto: Divulgação
 
O Tocantins fechou o ano de 2020 com a taxa de desemprego média em 11,6%, abaixo da média nacional que foi de 13,5%. O estado foi um dos sete em todo o país em que a taxa não foi a mais alta da história. Os impactos negativos da pandemia de Covid-19 afetaram os resultados país afora e levaram 20 estados a teres recordes nestes indicadores.
 
No cenário nacional o Tocantins não está nem entre os melhores e nem entre os piores desempenhos. A maior taxa de desemprego é a da Bahia, com 19,8% e a menor a de Santa Catarina, com 6,1%.
 
O IBGE também divulgou a taxa de ocupação nos estados. Em 2020, a média do Tocantins é de 49,4% da população ocupada, número idêntico a média nacional. Isso significa dizer que menos da metade da população tocantinense em idade de trabalhar estava ocupada no período analisado.
 
Também neste indicador, o Tocantins está longe dos extremos. O pior resultado é o de Alagoas, com 35,9% de ocupação e o melhor é o de Mato Grosso, com 58,7%.
 
De acordo com o IBGE, a população ocupada em todo país foi reduzida em cerca de 7,3 milhões de pessoas na comparação com 2019. São Paulo foi o estado com o maior contingente de trabalhadores perdidos - quase 2 milhões (1.994 milhão) em um ano.
 
Entre os trabalhadores do Tocantins, 28,8% trabalham por conta própria e 58,4% têm carteira assinada. A taxa de informalidade no estado é de 45,2%. (Fonte: G1 Tocantins).


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento