03/03/2021 às 12h14min - Atualizada em 03/03/2021 às 12h14min

Escândalo: Polícia Federal investiga corrupção no TCE do Tocantins


Foto: Divulgação

Artigo de opinião – Alberto Rocha – colaborador 
 
Arrepiei os cabelos quando li a notícia de que o Tribunal de Contas do Tocantins (TCE) pode estar envolvido em corrupção. Será? Por enquanto, apenas investigação, suspeitas... 
 
Não acredito nessa suposta putrefação envolvendo membros de um dos órgãos responsáveis pela fiscalização da moralidade pública. Estou estupefato. Não sei mais em quem acreditar. Faltam-me palavras, fôlego e paciência para acreditar numa desgrama dessa.  
 
Quem confirmou a suposta corrupção envolvendo o TCE foi a operação Esopo 267, que significa LOBO EM PELE DE CORDEIRO, realizada pela Polícia Federal, em conjunto com o Ministério Público Federal e a Controladoria Geral da União. Um dos alvos é o ex-presidente do TCE- Severiano Costandrade, que é o atual corregedor e ex-presidente do TCE, além de servidores públicos e empresários da construção civil.  Misericórdia.  
 
A acusação diz que foram desviados mais de R$ 4 milhões dos cofres públicos na construção do prédio anexo do TCE, em Palmas. O prédio, que teria custado cerca de 25 milhões de reais, está lá em pé, imponente, bonito, mas sua estrutura moral e ética podem estar comprometidas pelas supostas maracutaias cometidas pelo órgão que é visto como o fiscalizador da moralidade pública. 
 
Digam-me que não é verdade; Digam-me que é mentira de Dindinha. Mas, caso seja verdade, por favor, abrem as portas dos presídios e soltem todos os criminosos e peçamos perdão a todos eles. 


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento