10/02/2021 às 08h00min - Atualizada em 10/02/2021 às 08h00min

Governo do Tocantins alinha plano de retorno às aulas presenciais no Sistema Socioeducativo do Tocantins


Foto: Divulgação
 
Em obediência ao Decreto n° 6.211, que autorizou o retorno das aulas, e à Portaria n° 185, ambos publicados no Diário Oficial do Estado (DOE) n° 5.777, representantes da Superintendência de Administração do Sistema de Proteção dos Direitos da Criança e do Adolescente da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) se reuniram com representantes da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), na manhã desta terça-feira, 9, para alinhar o retorno às aulas presenciais de 85 adolescentes que frequentam escolas dentro de Unidades Socioeducativas. A previsão é de que, até abril, sejam iniciadas as aulas do ano letivo de 2021, obedecendo todos os protocolos de segurança expostos pelo Governo do Tocantins.
 
Conforme o responsável pela Unidade Técnica Executiva em Atendimento Educacional Socioeducativo (UTE-AES) da Seduc, Israel de Freitas, as equipes de cada escola deverão fazer um diagnóstico situacional, com as Diretorias Regionais de Ensino, para definir o retorno das aulas, de acordo com a realidade de cada Unidade.
 
Enquanto esse diagnóstico e o planejamento de retorno são produzidos entre março e abril, os adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa deverão participar do projeto Construindo Valores Socioemocionais, idealizado pela Seduc, em parceria com a Seciju. “O objetivo é levar os jovens e os adolescentes a uma reflexão para vida, pois percebi que a gente precisa, além de levar educação para os internos, levar projetos que trabalhem o âmbito da família, espiritual e profissional a fim de que possam pensar e traçar novos objetivos de vida. A intenção é executá-lo no intervalo de um mês, em março, além de trabalharmos com aulas de reforço”, explicou Israel de Freitas.
 
Projeto Construindo Valores Socioemocionais
 
O projeto Construindo Valores Socioemocionais contempla ações voltadas para autogestão, resiliência emocional, engajamento com os outros, amabilidade e abertura ao novo, este último prevendo a oficina Planejando a vida pós-saída da Unidade Socioeducativa.
 
Para que ele seja executado, os professores que participarão das ações passarão pelo projeto Ambientação da Escola Superior de Formação e Qualificação Profissional do Sistema Socioeducativo para levar o conhecimento sobre a Política da Criança e do Adolescente, sobre o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase) para que possam realizar as ações levando em consideração a realidade e a linguagem do Sistema Socioeducativo.  
 
O superintendente Gilberto da Costa destacou que, em 2020, as equipes das Unidades trabalharam para continuar colaborando com a oferta de ensino da Seduc aos adolescentes de forma remota e, agora, estão atuando ativamente para que o retorno seja seguro aos servidores e aos adolescentes. “A educação é parte fundamental no cumprimento da medida e, nós enquanto Seciju, trabalhamos na perspectiva de garantir todos os protocolos de segurança sanitária para o retorno das aulas presenciais. Além disso, o projeto Construindo Valores Socioemocionais proposto pela Seduc trará novas vivências aos adolescentes e reflexões que podem fazer toda a diferença em suas vidas”, considerou. (Governo do Tocantins).

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento