09/02/2021 às 07h43min - Atualizada em 09/02/2021 às 07h43min

Hospital Estadual de Combate à Covid-19 concede alta a pacientes oriundos de Manaus


Foto: Divulgação
 
“Quando soube que vinha para o Tocantins eu fiquei tranquilo e com esperança, pois sabia que aqui seria bem tratado, como de fato, fui. Por um milagre de Deus e os cuidados que recebi de toda equipe hospitalar, estou voltando para casa. Venci a Covid!”. A declaração é do agente de portaria Francisco Marcos de Souza, de 52 anos, morador de Manaus (AM), acolhido no dia 31 de janeiro, no Hospital Estadual de Combate à Covid-19 (HECC), em Palmas, e que recebeu alta hospitalar nesta segunda-feira, 8.
 
Para o diretor técnico do HECC, Cleber Henrique da Silva, dar alta, mesmo que apenas a uma parte dos pacientes, provoca uma sensação de dever cumprido. “É um sentimento de realização pela forma como chegaram aqui. Além da debilitação em razão da doença, tinha o dano psicológico por estarem longe de suas famílias.

Prestamos um serviço técnico humanizado, com todos os protocolos médicos necessários. Também promovemos visitas on-line, realizadas uma vez por dia, por videochamadas, em que os pacientes podem conversar e ver os familiares”
, destacou.
 
O atendimento humanizado também foi aprovado pelo mecânico Ginandro Colares de Souza. “Fui muito bem cuidado aqui e torço para que quem precise seja acolhido da mesma forma que eu. Fiquei feliz em ter sido transferido para o Tocantins, porque lá em Manaus não tinha jeito, cheguei até a passar mal sozinho em casa”, afirmou emocionado o paciente manauara.
 
Além dos dois pacientes mencionados, o Tocantins recebeu mais 15 pacientes oriundos de Manaus, sendo acolhidos no HECC e no Hospital Geral de Palmas (HGP). Do total, oito pacientes estão em condições de alta, sendo que seis retornam nesta terça-feira, 9, para Manaus. Lamentavelmente um foi a óbito. Os demais seguem sob os cuidados das equipes multiprofissionais nas duas unidades hospitalares localizadas na capital tocantinense.
 
Segundo o titular da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Edgar Tollini, a cura destes pacientes é um motivo de comemoração. “O Estado do Tocantins festeja a vida destes pacientes, assim como de todos os tocantinenses que venceram a Covid-19 no decorrer dos últimos meses. Além de cuidarmos da nossa população, sem transferir um único paciente para outro Estado desde o início da pandemia, conseguimos agora oferecer um tratamento rápido e resolutivo aos usuários do SUS, residentes em Manaus, que precisaram deste suporte em um momento de crise. Isso nos orgulha e mostra que nossos esforços estão gerando bons resultados”, enfatizou o gestor.
 
O HECC
 
O Hospital Estadual de Combate à Covid-19 é custeado pelo Governo do Tocantins e gerido pelo Instituto Saúde e Cidadania (Isac). A unidade funciona desde 21 de agosto de 2020, conta 60 leitos clínicos e 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Em quase seis meses de funcionamento, o HECC já recebeu 524 pacientes acometidos pelo novo Coronavírus e emitiu 335 altas hospitalares.
 
Na noite da segunda-feira, 8, o hospital funcionava com 90% de ocupação dos leitos de UTI e 73% de lotação dos leitos clínicos. (Governo do Tocantins).

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento