29/12/2020 às 07h57min - Atualizada em 29/12/2020 às 07h57min

Governo do Tocantins ajusta máquina e retoma grandes obras de infraestrutura em 2020


Foto: Governo do Tocantins
 
A modernização da infraestrutura e os avanços estruturantes na logística de transporte são ações do Governo do Tocantins nos dois anos de gestão, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura, Cidades e Habitação (Seinf) e da Agência Tocantinense de Transportes (Ageto).

Em 2020, o Governo retomou grandes obras e destravou projetos de infraestrutura que trarão benefícios imediatos para a população do Estado. “O Tocantins conseguiu enquadrar as suas contas e isso possibilitou a retomada gradativa das obras”, destaca a secretária de Estado da Infraestrutura e presidente da Ageto, Juliana Passarin.

Hospitais

Em Gurupi, as obras do hospital geral estão seguindo um ritmo acelerado. Orçado em aproximadamente R$ 32 milhões, a primeira etapa da unidade hospitalar comporta bloco do pronto-socorro infantil e adulto, bloco do ambulatório, bloco administrativo, rampa, passarela e escada. O Governo do Tocantins já trabalha na licitação da etapa seguinte, com a inclusão de blocos de enfermarias, centros cirúrgicos adultos e pediátricos, Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e serviços de imagem.

A capacidade total do hospital será de 200 leitos, o que vai ampliar e melhorar o atendimento prestado aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), principalmente em Gurupi e região.

O Governo também retomou a obra do Hospital Geral de Araguaína. Orçado em R$ 160 milhões, a unidade é um sonho antigo da população da região norte e deve desafogar o fluxo de demandas do Hospital Geral de Palmas (HGP). O local contará com 400 leitos, mais 60 leitos de UTI, 12 salas cirúrgicas, além de Pronto-Socorro para atendimento diário de mais de 150 pessoas, setores de oncologia, de diálise, laboratórios e toda a área administrativa.

Habitação

Os projetos habitacionais, com obras paradas há quase uma década, também foram retomados. Em Palmas, o investimento de R$ 4,3 milhões ocasionou o imediato reinício das obras de 183 moradias do Projeto Prioritário de Investimentos Intervenções Favelas (PPI-Favelas) no Jardim Taquari. Dessas, 43 já foram entregues e o restante deve ser entregue no primeiro trimestre de 2021.

Reconstrução Asfáltica

No setor de transportes, as obras realizadas proporcionam a melhoria da malha viária em rodovias pavimentadas e não pavimentadas, em todas as regiões do Tocantins, solucionando os gargalos para o escoamento da produção agrícola.

Com isso, as obras garantem a redução de custos de transporte e o aumento da competitividade do agronegócio, além do incremento de polos agroindustriais e a dinamização da economia, com a geração de empregos.

Um excelente demonstrativo nesse sentido são as obras de reconstrução do pavimento de 11 trechos de rodovias no sudeste do Estado. O investimento foi de R$ 80 milhões e beneficiou 284,80 km de rodovias estaduais por meio da segunda etapa do Contrato de Restauração e Manutenção de Rodovias (Crema II), financiado pelo Banco Mundial, por meio do Programa de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS).

O Crema II também está beneficiando outros três trechos na região central do Estado. O lote contemplou 136 km de rodovias que englobam o trecho da TO-070, entre Porto Nacional e Brejinho de Nazaré; o da TO-255, entre Porto Nacional e Monte do Carmo; e o da TO-080, entre Palmas e Paraíso. Destes, o único trecho ainda em obras é o da rodovia TO-080, que está quase pronto. Essas obras somam um investimento de mais de R$ 66,5 milhões.

Ponte em Porto Nacional

A população de Porto Nacional e comunidades do entorno comemoram o reinício das obras de construção da nova ponte sobre o Rio Tocantins, em Porto Nacional. A estrutura de 1.488 metros será localizada no trevo sul da cidade, ligando a TO-050 e a TO-255, junto da ponte velha. O investimento será na ordem de R$ 149 milhões, fruto de uma operação de crédito no Banco de Brasília. A expectativa é de que a obra também contribua com o fomento à economia local, pois a previsão é de geração gradativa de 500 empregos.

PDRIS Vicinais

O Governo do Tocantins também executa obras de melhorias de estradas vicinais nas cidades de Palmas, Aparecida do Rio Negro, Monte do Carmo, Porto Nacional e Silvanópolis. O pacote de obras de infraestrutura faz parte do Lote 9, no PDRIS, na modalidade PDRIS Vicinais, em parceria com o Banco Mundial.

Esse lote 9, com investimento de R$ 6,8 milhões, contempla 76 obras de infraestrutura, sendo 13 pontes, 35 bueiros e 28 galerias, todas em concreto pré-moldado. Os trechos que recebem as obras do PDRIS foram escolhidos pela própria população dos municípios, por meio de consultas públicas.

Outro investimento, de aproximadamente R$ 5,6 milhões, é em obras de arte de pequeno porte, nas estradas vicinais de seis municípios da região norte, que compõem o lote 10 do PDRIS, licitado para receber construção de pontes, galerias e bueiros tubulares, em concreto pré-moldado. Os municípios são: Araguaína, Araguanã, Aragominas, Carmolândia, Piraquê e Xambioá.

Gestão municipalista

Este ano, com objetivo de contribuir com as obras de recuperação e construção de estradas urbanas e vicinais em todo o Estado, o Governo do Tocantins destravou máquinas pesadas para os municípios. Foram entregues 231 máquinas, sendo 139 retroescavadeiras, 80 pás carregadeiras e 1 grupo gerador diesel, bem como 12 escavadeiras hidráulicas e um guincho elétrico.

O investimento é de R$ 68,6 milhões, sendo R$ 68,2 milhões de repasses da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), que é vinculada ao Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

O investimento deve contribuir para desenvolver o potencial produtivo local, uma vez que o modal rodoviário ainda é uma das estruturas logísticas dominantes, no escoamento da produção rural no País e fator que pesa no custo final para o produtor. Além disso, deve melhorar a trafegabilidade e a segurança viária para a população em geral e no transporte escolar rural.

De acordo com a secretária Juliana Passarin, os trabalhos e os investimentos no setor terão efeito positivo nos municípios e no desenvolvimento do Estado. “O resultado imediato será a garantia da mobilidade e da segurança dos usuários das rodovias do Estado, porém, com a melhoria na interligação da malha rodoviária municipal e estadual teremos a redução no tempo de deslocamento e de custos, o que vai beneficiar a população e os produtores locais”, reforça.

Conservação

O Governo do Tocantins também aumentou os investimentos na conservação das rodovias estaduais, pavimentadas e não pavimentadas.

As vias receberam intervenções que visam garantir a trafegabilidade e a segurança dos usuários. Neste ano, cerca de 4 mil km de rodovias pavimentadas receberam obras de manutenção corretiva, preventiva ou melhorias. E aproximadamente 5 mil km de rodovias não pavimentadas, receberam patrolamento, limpeza ou revestimento primário.

Os serviços envolveram as equipes técnicas das sete unidades descentralizadas, espalhadas de norte a sul do Estado, em uma força-tarefa especial.

Somente na região do Jalapão, cerca de 600 km receberam serviços de melhorias este ano. “O objetivo é garantir que nossa malha viária esteja em boas condições”, destaca Juliana Passarin.

Pavimentação

Além do trabalho de reconstrução de asfalto, o Governo do Tocantins está investindo na pavimentação asfáltica da rodovia TO-141, em Palmeirópolis, na região sul tocantinense. Estão sendo asfaltados 26,25 km da via, no valor de R$ 24 milhões, por meio do PDRIS.

Outra obra de pavimentação em andamento é a da rodovia TO-365, no entroncamento que liga a BR-153 (Gurupi) ao Trevo da Praia, que dá acesso à balsa. A pavimentação asfáltica de 58 km integra o Programa Governo Municipalista, sendo realizada com contrapartida de recursos próprios do Governo do Estado.

A região do Jalapão também será beneficiada com a pavimentação da TO-247. A licitação da obra já está em andamento e o trecho irá ligar a cidade de Lagoa do Tocantins a São Félix. “Além de gerar um impacto positivo na vida dos moradores da região, essa obra irá fomentar o turismo e, consequentemente, fortalecer a economia local”, frisa a secretária Juliana Passarin.

Pavimentação urbana

Em Palmas, três importantes obras foram retomadas. Com investimento de R$ 102,1 milhões, o Governo reiniciou os trabalhos de pavimentação, drenagem e urbanização da avenida NS-15. A Avenida terá a função de desviar o tráfego pesado do centro da Capital e será a principal interligação entre as rodovias TO-080, TO-010 e TO-050.

Também foram finalizadas as obras de pavimentação e drenagem das quadras 307 Sul, 309 Sul e 407 Sul, com investimento de R$ 33,4 milhões, e o Jardim Taquari também teve as obras de pavimentação de avenidas e das quadras T-22 e T-23 reiniciadas, o investimento foi de cerca de R$ 16 milhões.

Em Paraíso do Tocantins, o Governo está executando as obras de pavimentação do bairro Jardim América. Os serviços irão pôr fim aos anos de lama e poeira vividos pelos moradores do local. O investimento é de R$ 7,9 milhões.

Correção de pontos críticos e desmoronamentos

O Governo do Tocantins está se preparando para iniciar as obras de correção de 20 pontos críticos em rodovias estaduais não pavimentadas.

Ao todo, serão construídas 20 obras de infraestrutura, sendo nove pontes, entre elas a sobre o Rio Manoel Alves, na Rodovia TO-482, divisa de Santa Rosa do Tocantins e São Valério; e 11 galerias.

Também haverá a correção de dois desmoronamentos na T0-130. O primeiro fica localizado no km 18 da rodovia, no trecho entre Santa Tereza e o trevo da TO-255. O segundo, no km 65, no trecho entre o trevo da TO-255 e o município de Ponte Alta do Tocantins.  As obras serão financiadas pelo Banco Mundial, por meio do PDRIS.
 (Secom TO).

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento