18/12/2020 às 12h15min - Atualizada em 18/12/2020 às 12h15min

Jovens de Itacajá se unem para arrecadar roupas, brinquedos e alimentos, que serão doados a famílias carentes, no Natal


Créditos: Telma Viana
 
Alberto Rocha

Comemorar o natal de forma diferente, ajudando a quem precisa. Este é o foco principal da ação social que está sendo realizada por vários jovens de Itacajá, município localizado na região noroeste do Estado, a 330 km de Palmas.

O evento, além de mostrar o verdadeiro sentido do Natal, serve também para despertar o sentimento solidário, a compaixão e o amor ao próximo, especialmente nessa época natalina.  “O nosso objetivo é garantir um natal mais justo e igualitário para famílias carentes”, disse um dos organizadores. 

A ação social, com o nome, Doe Amor, tem o envolvimento de mais de 40 jovens da cidade, e pretende arrecadar alimentos, calçados, roupas para adultos e infantis, brinquedos, que vão beneficiar mais de 70 famílias carentes de Itacajá e região. As doações podem ser feitas até o dia 23/12, às 8h30, no CEMEI Antônia Alencar, ou nas residências do Arnaldo Pinheiro e do Alcindo.  Tudo que for arrecadado será doado para  as famílias carentes cadastradas no CRAS de Itacajá e região.

Quem quiser ajudar, pode ligar no Whatsapp (63) 992268390.
 
Itacajá

Itacajá, que inicialmente era chamado de Porto do Vau, tem cerca de 7 mil habitantes; a principal fonte de renda do município é a pecuária. A cidade abriga ainda uma das maiores nações indígenas do Estado, a etnia Kraô.

O povoado surgiu ainda em 1900, com um grande comerciante de gado, capitão Agostinho Soares Correia. Na época, o pequeno povoado foi crescendo e tornando-se notório na região. Em março de 1926, a Coluna Prestes passou pelo município, atravessando o rio Manuel Alves Pequeno, que corta a cidade.

Mas o nascimento oficial de Itacajá é atribuído ao missionário  da igreja batista, pastor Francisco Colares e sua esposa, Beatriz Colares, que se mudaram para a região em 1938  para evangelizar os índios Kraô. Os missionários, vendo as necessidades dos sertanejos, fundou uma escola batista e um orfanato no povoado, o Lar Batista FF Sóren, que hoje está instalado em Luzimangues, próximo a Palmas.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento