12/12/2020 às 08h11min - Atualizada em 12/12/2020 às 08h11min

Prêmio Gestão Escolar anuncia escola vencedora da edição 2020


Foto: Divulgação
 
A escola vencedora do Prêmio de Gestão Escolar (PGE), coordenado neste ano pela titular da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) do Tocantins, Adriana Aguiar, foi anunciada nessa quinta-feira, 10, em transmissão on-line realizada pelo canal da TV Escola, pela antena parabólica, TVs por assinatura e pelo YouTube. A escola definida como de referência nacional foi a Escola Referência de Ensino Médio (Erem) Professora Maria de Menezes Guimarães, de Itacuruba, Pernambuco.

A secretária Adriana Aguiar venceu o Prêmio Nacional Referência em Gestão Escolar, em 2011, como diretora da Escola Estadual Presidente Costa e Silva, de Gurupi, e, durante as transmissões, ela destacou que essa é uma edição totalmente diferente. “Essa é uma edição muito especial do Prêmio Gestão, que foca não apenas no gestor, mas também nas equipes das unidades de ensino. Todos precisaram se reinventar para se readequar ao cenário de pandemia – um momento que exigiu de toda a comunidade escolar uma nova forma de vivenciar a educação. Meu reconhecimento, em nome do Consed, a cada um que mostrou o seu trabalho nesta edição do PGE. Todos são vencedores”, destacou Adriana Aguiar.

Emocionada, ao anunciar a escola vencedora, Adriana Aguiar parabenizou a equipe da unidade de ensino e destacou que a conquista da Escola Professora Maria de Menezes Guimarães representa a conquista de todas as unidades de ensino do País. “Representa o desafio da educação brasileira, representa a alegria de muitos educadores, que estão em uma luta constante e representa todos nós da educação. Eu imagino a emoção que toda a equipe está sentindo e fico feliz em fazer parte desse reconhecimento”, pontuou.   

O PGE

O Prêmio Gestão Escolar é promovido pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), pela União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e pela Organização dos Estados Iberoamericanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), com o objetivo de reconhecer práticas exitosas das escolas que, durante o período de afastamento social, conseguiram encontrar soluções para o enfrentamento das dificuldades impostas pela crise sanitária. 

O PGE 2020 buscou ainda identificar e disseminar práticas inovadoras na gestão escolar, reconhecer e valorizar escolas públicas que se destacam pela gestão competente, participativa e colaborativa, assim como valorizar a escola que trabalha como equipe, com corresponsabilidade na gestão, no ensino, na aprendizagem e na solução de problemas.

A diretora da unidade de ensino campeã, Tatiany Leal, comemorou a conquista. “Estamos aqui muito felizes com toda essa parceria e só quero agradecer a toda a nossa comunidade escolar, aos nossos parceiros, aos nossos familiares, aos nossos alunos e aos nossos queridos professores que, sem eles, nós não teríamos feito o trabalho que fizemos pelo qual estamos recebendo esse reconhecimento”, agradeceu.

Cinco escolas públicas brasileiras disputaram o primeiro lugar, representando as cinco regiões do país, com ações que fizeram a diferença durante a pandemia. Mais de 8 mil escolas se inscreveram na edição 2020 (escolas públicas estaduais e municipais de todas as etapas da Educação Básica). Realizado desde 1998, o PGE já recebeu cerca de 50 mil inscrições e mais de 8 milhões de estudantes foram beneficiados com os projetos implantados pelos diretores das escolas inscritas.

A presidente do Consed e secretária de Educação de Mato Grosso do Sul, Cecília Mota, enfatizou o recorde de participação no PGE. “Este ano, nós repensamos o prêmio. O foco mudou um pouquinho de direção. O prêmio foi para o gestor, mas também para a equipe da escola, o coordenador e os professores. E, este ano, tivemos o maior número de inscrições. Nunca tantos gestores participaram“, frisou.

Concorreram à etapa final do PGE cinco escolas, cada unidade de ensino representando uma das regiões do Brasil: Centro-Oeste - Escola Classe 15 de Ceilândia - Brasília, Distrito Federal; Nordeste - Escola Estadual Professora Maria de Menezes Guimarães - Itacuruba, Pernambuco; Norte - Escola Municipal Dr. Sérgio Alfredo Pessoa Figueiredo - Manaus, Amazonas; Sudeste - Escola Orlando Maurício Zambotto -  Jarinu, São Paulo; Sul - Colégio Estadual do Patrimônio Regina Londrina, Paraná.

Premiação

As cinco escolas finalistas do Prêmio Gestão Escolar 2020 receberão R$ 10 mil em dinheiro, além de bolsas em cursos de especialização da Univesp para a equipe. O prêmio em dinheiro para a campeã nacional é de R$ 30 mil. As escolas que foram referências regionais também serão premiadas com notebooks, tablets e R$ 5 mil em dinheiro.
(Governo do Tocantins).

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento