05/12/2020 às 07h57min - Atualizada em 05/12/2020 às 07h57min

Primeiras imagens de como a nova ponte de Porto Nacional deve ficar são divulgadas


Foto: Divulgação
 
As primeira imagens de como deve ficar a nova ponte sobre o rio Tocantins, em Porto Nacional, foram divulgadas nesta sexta-feira (4). A estrutura será construída ao lado da ponte atual e terá duas curvas, uma na entrada e outra na saída. O aterro da pista atual será aproveitado. Haverá ainda um vão central com os pilares mais afastados, para permitir a passagem de embarcações por baixo da ponte.

Quando a atual ponte de porto nacional foi inaugurada, nos anos 1970, os moradores da região celebraram o fim da travessia de balsa. Quarenta anos depois, o antigo meio de transporte está de volta já que a estrutura antiga continua parcialmente interditada. Caminhões outros veículos de grande porte usam o rio pra ir de um lado a outro.

Foram problemas estruturais que levaram o poder público a restringir o tráfego sobre a ponte. No ano passado ela chegou a ser totalmente interditada e agora segue aberta apenas pra veículos leves. Nem todo mundo se sente seguro pra passar pelo local. O aposentado Manoel Gomes relata que tem meio e que passa no local desconfiado. 

A nova ponte está orçada em quase R$ 150 milhões. A obra começou em 2019 e terá quase um quilômetro e meio de extensão. A previsão é de que fique pronta em cerca de dois anos e meio.

A responsável pela obra é a Rivoli do Brasil SPA. O contrato é de 2015, mas a obra ficou parada por um tempo porque a empresa estava impedida pela Justiça de firmar contratos com o Governo do Tocantins, porque foi investigada em uma operação da Polícia Federal que apurava justamente superfaturamento em obras de pontes no estado.

Na época, o Ministério Público Federal disse que a processo da nova ponte em Porto Nacional tinha problemas, incluindo o direcionamento da licitação. Mas a justiça definiu que a responsabilidade de fiscalização seria dos órgãos de controle estaduais e extinguiu a ação. O MPF recorreu, mas a decisão foi mantida.

Assim, o governo do estado autorizou que a empresa reiniciasse os trabalhos no fim do ano passado. Entre as ações que já foram feitas estão: sondagem e detalhamento do projeto e construção do canteiro de obras, onde serão produzidas as grandes peças pré-moldadas

Embora a construção da ponte tenha sido terceirizada, engenheiros da Agência Tocantinense de Transportes e Obras acompanham o trabalho pra garantir que a nova estrutura não tenha os mesmos problemas da antiga. Luciano Nogueira Bertazzi Sobrinho é o engenheiro responsável pela obra.
(Fonte: G1 Tocantins).

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento